Esporte

Tribunal ordena suspender fiança a Benzema por caso de chantagem a Valbuena

CHARLES PLATIAU/REUTERS
Caso envolvendo Benzema e Valbuena segue no tribunal Imagem: CHARLES PLATIAU/REUTERS

14/10/2016 12h42

O Tribunal de Apelação de Versalhes, na França, ordenou nesta sexta-feira (14) a suspensão da fiança que pesava sobre o atacante Karim Benzema, do Real Madrid, após sua acusação no episódio em que supostamente participa de uma chantagem ao jogador Mathieu Valbuena, do Lyon, informou à Agência Efe seu advogado.

O defensor Sylvain Cormier afirmou que os juízes consideraram que essa fiança, de aproximadamente 40 mil euros (R$ 139,6 mil), "não tinha fundamento legal", por isso ordenaram sua suspensão.

O Tribunal de Apelação de Versalhes, que fica nos arredores de Paris, analisou hoje os pedidos das defesas dos cinco acusados - entre eles a de Benzema - de anulação do caso, ao considerar que a intervenção da polícia poderia ter levado os supostos chantagistas a cometerem o crime.

Uma tese à qual se opõe a promotoria, que sustenta que a investigação procedeu de forma correta.

Após ouvir as diferentes partes, os juízes emitirão seu veredicto sobre a anulação do processo no dia 16 de dezembro.

A promotoria também solicitou que o ex-jogador Djibrill Cissé seja indiciado no caso, já que ele conversou com Valbuena sobre a chantagem e, em um primeiro momento, foi inocentado de qualquer acusação depois que a juíza considerou que ele tinha agido de boa fé.

Cissé prestou depoimento em outubro de 2015 aos investigadores, após ter recomendado a Valbuena que efetuasse o pagamento aos supostos chantagistas.

Os defensores dos acusados - outras quatro pessoas além de Benzema - consideram que o fato de que um policial se passou por outra pessoa para identificar quem estava fazendo a chantagem a Valbuena com um vídeo sexual anula o processo.

Os advogados consideram que esse policial os influenciou a cometer uma infração e que, sem sua atuação, não é possível saber o que os supostos chantagistas fariam.

Valbuena recebeu um telefonema anônimo em junho de 2015 no qual uma pessoa lhe pedia dinheiro em troca de não divulgar o vídeo de conteúdo sexual, que tinha sido obtido de um de seus telefones celulares.

O jogador do Lyon denunciou o ocorrido e a polícia infiltrou um agente para negociar com os supostos chantagistas.

Graças a sua atuação, foi possível identificar Mustapha Zouaoui e Axel Angot como os supostos chantagistas.

Diante da impossibilidade de obter o dinheiro, esses dois personagens recorreram, segundo a acusação, a Karim Zenati, um amigo de Bezema, a quem pediram que intercedesse junto ao jogador do Real Madrid.

Contatado por seu amigo de infância, o atacante francês manteve uma conversa com Valbuena durante uma concentração da seleção de seu país em Clairefontaine, nos arredores de Paris, no dia 5 de outubro de 2015.

Segundo a acusação, Benzema propôs nessa conversa que Valbuena fizesse o pagamento aos chantagistas, algo que o jogador do Real Madrid nega, ao alegar que seu único objetivo era ajudar seu amigo Valbuena.

Os problemas judiciais fizeram com que Benzema fosse afastado da seleção nacional em dezembro do ano passado, o que o deixou fora da Eurocopa deste ano.

Na semana passada, o presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graët, afirmou em entrevista ao jornal "Le Figaro" que o jogador poderia retornar à seleção.

Quer receber notícias de futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo