Esporte

Técnico do Chelsea nega pedido de Diego Costa para sair e evitar suspensão

15/10/2016 13h57

(Corrige informação sobre motivo do pedido do jogador).

Londres, 15 out (EFE).- O atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa insistiu com com o italiano Antonio Conte, técnico do Chelsea, para ser substituído neste sábado, durante a vitória sobre o Everton por 3 a 0, pelo Campeonato Inglês, mas não teve sucesso.

No segundo tempo, depois de ter aberto o placar na primeira etapa, logo aos sete minutos, o jogador se voltou ao banco de reservas várias vezes, indicando que, então, deveria ser substituído.

A intenção do hispano-brasileiro era evitar um cartão amarelo, que seria o quarto na competição e provocaria uma suspensão automática na próxima rodada, em que os 'Blues' enfrentarão o Manchester United.

Conte, no entanto, não atendeu os "pedidos" e manteve Diego Costa por 90 minutos em campo.

"Se o mantenho em campo é porque preciso da paixão dele. Inclusive, sabia que me arriscava por ele poder receber um cartão. Sou eu quem decido. Aceito a responsabilidade de cada situação", garantiu o treinador italiano.

Além do brasileiro naturalizado espanhol, o belga Eden Hazard e o meia-atacante nigeriano Victor Moses balançaram as redes na vitória sobre o Leicester, no estádio Stamford Bridge, que levou o time da casa aos 16 pontos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo