Esporte

Leicester bate Copenhague e põe pé nas oitavas; Porto vence de virada

18/10/2016 18h55

Redação Central, 18 out (EFE).- O Leicester confirmou sua força como mandante, bateu nesta terça-feira o Copenhague por 1 a 0, no King Power Stadium, e deu um passo importante para garantir a classificação e o primeiro lugar do grupo G da Liga dos Campeões, em dia de grande virada do Porto sobre o Club Brugge na outra partida da chave.

O único gol da vitória do atual campeão inglês foi marcado com muito estilo pelo meia-atacante argelino Riyad Mahrez, que deu um toque acrobático perto da pequena área para balançar as redes, aos 40 minutos do primeiro tempo, após assistência de cabeça do compatriota Islam Slimani.

Com o resultado positivo de hoje, o Leicester, que faz campanha ruim no campeonato nacional, ocupando apenas a 13ª colocação, com oito pontos, tem apenas duas derrotas nos últimos 22 jogos em que atuou em casa, por todas as competições que participou.

Além disso, a equipe comandada pelo italiano Claudio Ranieri demoliu uma invencibilidade de 23 partidas do Copenhague, iniciada no dia 22 de maio. O time dinamarquês entrou em campo hoje, inclusive, podendo assumir a liderança da chave.

A vitória, no entanto, fez com que o Leicester mantivesse 100% de aproveitamento na 'Champions' e chegasse a nove pontos. Na próxima rodada, se voltar a vencer o adversário de hoje, dessa vez como visitante, garantirá classificação às oitavas de final do torneio. O Copenhague vem logo atrás, com quatro pontos.

Em terceiro, também com quatro pontos, está o Porto, que sofreu muito, mas venceu de virada o Club Brugge por 2 a 1, em partida que teve quatro jogadores brasileiros em campo. A equipe lusitana está atrás do time dinamarquês na tabela pelo saldo de gols (três a zero).

Os anfitriões saíram na frente do placar aos 12 minutos do primeiro tempo, com o atacante belga Jelle Vossen. Os Dragões empataram aos 23 da etapa complementar, graças a gol do meia mexicano Miguel Layún. Nos acréscimos, o meia-atacante português André Silva, de pênalti, deu números finais ao duelo.

Pelo Porto, o zagueiro Felipe, ex-Corinthians, o lateral-esquerdo Alex Telles, ex-Grêmio e o meia Otávio, ex-Internacional, começaram jogando - o último foi o único que deixou o gramado antes do apito final.

No Brugge, que segue zerado no torneio, o meia Claudemir, que se profissionalizou no São Carlos, de São Paulo, iniciou o duelo entre os titulares. O meia Felipe Gedoz, que se destacou no Defensor, do Uruguai, e o atacante Wesley, que se profissionalizou na Europa, entraram no decorrer da etapa final.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo