Esporte

Özil faz 3 e lidera goleada do Arsenal pelo grupo A; PSG também vence

19/10/2016 19h02

Redação Central, 19 out (EFE).- O Arsenal se manteve na liderança de sua chave na Liga dos Campeões ao chegar à metade da fase de grupos ao golear o Ludogorets por 6 a 0 em Londres nesta quarta-feira, enquanto o Paris Saint-Germain, segundo colocado, teve atuação apenas regular e bateu o Basel por 3 a 0 na capital francesa.

É justamente o saldo de gols que mantém os 'Gunners' no topo da tabela no grupo. O time inglês tem sete pontos, assim como o PSG, mas um saldo positivo de oito, contra cinco do concorrente. Os representantes de Suíça e Bulgária têm um ponto cada.

Os confrontos desta quarta serão reeditados no próximo dia 1º, mas com mando de campo invertido. O Arsenal irá a Razgrad encarar o Ludogorets, e o tetracampeão francês medirá forças com o Basel, na Basileia.

No Emirates Stadium, a primeira etapa foi de bonitos gols do Arsenal. Sánchez abriu o placar aos 12 minutos, com direito a drible desconcertante e toque por cobertura, e Walcott assinalou o segundo, aos 42, em chute de fora da área.

Se no primeiro tempo os 'Gunners' primaram pela qualidade, na volta dos vestiários os gols aconteceram em quantidade. Logo aos dois minutos, Sánchez cruzou, a defesa do Ludogorets cortou mal e Oxlade-Chamberlain fez o terceiro.

A partir daí, o que se viu foi um show solo de Özil, que se aproveitou da fragilidade da defesa adversária e anotou um "hat-trick", deixando sua marca aos 11, 38 e 42 minutos.

Por sua vez, o PSG, com Thiago Silva, Marquinhos e Lucas em campo, não teve boa atuação no primeiro tempo no Parc des Princes e esteve muito perto de sofrer o primeiro gol, aos 35 minutos, quando Doumbia cabeceou na trave. Quatro minutos depois, porém, Matuidi bateu cruzado da ponta esquerda e Cavani não conseguiu dominar, mas Di María chegou chutando e fez 1 a 0.

Os últimos 45 minutos foram diferentes, com domínio total do tetracampeão francês, que ampliou aos 17. Lucas lançou Aurier, que cruzou. A defesa afastou mal, e o próprio atacante brasileiro marcou na sobra.

Ainda houve tempo para o artilheiro Cavani deixar o seu, nos acréscimos. Aos 48 minutos, Lang cometeu pênalti no uruguaio, que assumiu a responsabilidade pela cobrança e não a desperdiçou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo