Esporte

Coritiba sonha com nova virada fora de casa para seguir na Sul-Americana

25/10/2016 20h16

Medellín, 25 out (EFE).- Após empate em 1 a 1 no Couto Pereira na semana passada, o Coritiba tentará repetir nesta quarta-feira, diante do Nacional de Medellín, o que fez contra o Belgrano durante as oitavas de final: buscar fora de casa a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana.

Na fase anterior, o Coxa perdeu por 2 a 1 em casa e buscou a vaga devolvendo o placar na casa do adversário e levando a melhor na disputa de pênaltis. Desta vez, na tentativa de ir às semifinais, a equipe do técnico Paulo César Carpegiani empatou em 1 a 1 no Alto da Glória na semana passada.

O resultado como mandante não foi tão ruim quanto o anterior, mas o adversário de agora, em tese, é mais forte. O Nacional disputa a Sul-Americana com o selo de atual campeão continental, já que faturou a Taça Libertadores no primeiro semestre, e jogará pelo empate em 0 a 0. Os visitantes precisarão de uma igualdade em dois ou mais gols ou de um triunfo.

A delegação do Coritiba chegou a Medellín na segunda-feira com a intenção de jogar bem, o que, segundo os atletas, pode ter a classificação para a próxima fase.

"Viemos com a intenção de reverter o 1 a 1 e de melhorar o que fizemos em casa. Precisamos realizar nosso melhor jogo e nosso melhor futebol. Restam 90 minutos, e não vamos sair para o ataque como loucos. Estes jogos são decididos nos detalhes e, portanto, precisaremos estar concentrados e mostrar muita tranquilidade", disse o meia César González.

Carpegiani não poderá contar com o zagueiro Nery Bareiro, capitão do time, por lesão. O treinador optará por escalar Luccas Claro, mantendo Juninho improvisado na lateral esquerda.

No Nacional, embora todos saibam que o empate sem gols é suficiente, o técnico Reinaldo Rueda não quer que o elenco se acomode e jogue com o regulamento.

"Devemos impor condições e ser uma equipe ordenada, que controle a ansiedade, que tenha agressividade com inteligência para conseguir o resultado. Não pode haver excesso de confiança", afirmou Rueda.

O técnico anunciou que não poderá contar com o lateral-direito Daniel Bocanegra, que se recupera de uma contusão na coxa esquerda e ficará afastado dos gramados por cerca de um mês. Além disso, o reserva imediato, Gilberto García, e o meio-campista Alejandro Guerra são dúvidas, enquanto o zagueiro Francisco Nájera cumprirá suspensão.



Prováveis escalações:.

Nacional de Medellín: Armani; García, Aguilar, Henríquez e Díaz; Arias, Uribe, Guerra e Macnelly Torres; Berrío e Borja. Técnico: Reinaldo Rueda.

Coritiba: Wilson; Benítez, Walisson Maia, Luccas Claro e Juninho; Edinho, João Paulo, Juan e Raphael Veiga; Leandro e Kazim-Richards. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Árbitro: Víctor Carrillo (Peru), auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Coty Carrera.

Estádio: Atanasio Girardot, em Medellín.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo