Esporte

Djokovic vence fácil na estreia em Paris; Murray sofre, mas também avança

02/11/2016 21h02

Redação Central, 2 nov (EFE).- Em uma disputa jogo a jogo pela liderança do ranking da ATP, o sérvio Novak Djokovic e o britânico Andy Murray encontraram níveis de dificuldade diferentes na estreia no Masters 1000 de Paris nesta quarta-feira, mas se classificaram para as oitavas de final.

Djokovic, que busca o quinto título da carreira na capital francesa, o quarto seguido, foi o primeiro entre os dois a entrar em quadra e venceu o luxemburguês Gilles Müller com facilidade. O placar foi de 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-4, em 1h20min de confronto.

'Nole', assim como Murray e todos os outros cabeças de chave, já iniciou a disputa na segunda rodada. Contra Müller, ele não teve de enfrentar um break point sequer, quebrou o serviço do adversário uma vez em cada parcial e avançou sem maiores problemas.

O campeão do último Masters 1000 do ano em 2009, 2013, 2014 e 2015 enfrentará agora o búlgaro Grigor Dimitrov, que ontem eliminou o cipriota Marcos Baghdatis.

Com Murray na cola, Djokovic precisa avançar ao menos até a final na capital francesa para se manter no topo do ranking, onde está desde julho de 2014. Caso caia antes das semifinais, o sérvio tem de torcer para que o rival não seja campeão.

O britânico teve de suar muito para ir às oitavas, mas chegou lá batendo o espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 1, com parciais de 6-3, 6-7(5) e 7-5, em uma batalha que durou quase duas horas e meia.

Após ter sobrevivido no torneio, o número 2 do mundo jogará contra o francês Lucas Pouille, 13º favorito, que eliminou o espanhol Feliciano López também com um triunfo de virada, com 6-7(1), 6-3 e 6-4.

O dia ainda foi de resultados importantes na disputa pelas duas últimas vagas nas Finais da ATP, em Londres que ficarão com o oitavo e o nono colocados da chamada corrida para Londres, já que quem aparece em sétimo lugar, o espanhol Rafael Nadal, já encerrou a temporada.

Em nono até agora, o croata Marin Cilic eliminou o compatriota Ivo Karlovic e agora medirá forças com o belga David Goffin, do da 11ª colocação nessa corrida. Já o oitavo, o austríaco Dominic Thiem, foi eliminado pelo americano Jack Sock.

Outro representante da casa, Jo-Wilfried Tsonga, que também sonha com as Finais da ATP, venceu o espanhol Albert-Ramos Vinolas e vai encarar o japonês Kei Nishikori, número 5 do mundo e algoz do sérvio Viktor Troicki. Já Roberto Bautista-Agut, também da Espanha, deu adeus às chances de ir à capital britânica ao perder para o francês Gilles Simon.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo