Esporte

Real Madrid joga mal e tropeça no Legia; Dortmund garante vaga nas oitavas

02/11/2016 20h02

Redação Central, 2 nov (EFE).- A expectativa de boa parte dos torcedores e da imprensa espanhola era de goleada e subida à liderança, mas o Real Madrid decepcionou nesta quarta-feira ao empatar com o Legia Varsóvia em 3 a 3 na Polônia e se manteve na segunda posição do grupo F da Liga dos Campeões, atrás do Borussia Dortmund, que garantiu classificação antecipada às oitavas de final.

O tropeço deixou o Real com oito pontos, dois a menos que o Dortmund, que venceu o Sporting por 1 a 0 em casa, no estádio Signal Iduna Park. Os 'Leões' têm três e ainda sonham com a classificação, enquanto o Legia marcou seu primeiro ponto e ainda sonha ir à Liga Europa como terceiro da chave.

O técnico da equipe madrilenha, Zinedine Zidane, teve uma série de desfalques, entre eles o zagueiro Pepe, o lateral-esquerdo Marcelo, o volante Casemiro e os meias Modric e James Rodríguez. Com isso, apostou em uma formação ofensiva, com quatro atacantes.

A partida no estádio Wojska Polskiego, em Varsóvia, foi disputada sem a presença da torcida da equipe da casa nas arquibancadas, como punição pelos incidentes protagonizados por torcedores poloneses em Madri há duas semanas. Os chamados 'ultras' transformaram os arredores do Santiago Bernabéu em um cenário de batalha campal antes da goleada por 5 a 1 imposta pelos 'merengues'.

Os poucos torcedores presentes nas arquibancadas - todos do Real - viram a equipe 11 vezes campeã da Liga fazer 1 a 0 logo com 55 segundos de partida. Coentrão levantou da esquerda, Cristiano Ronaldo desviou e, de primeira, Bale chutou no ângulo esquerdo.

O Real continuou ficando mais com a bola, mas o ritmo estava longe de ser intenso. Até que, aos 35 minutos, Kovacic lançou Bale, que rolou com carinho para Benzema finalizar de primeira e marcar o segundo.

A vantagem de dois gols causou um relaxamento no time de Zinedine Zidane. O Legia aproveitou-se e diminuiu cinco minutos depois, em bonito chute de Odjidja. O atacante belga foi acionado pelo brasileiro Guilherme, driblou e mandou de curva na gaveta.

A conversa com 'Zizou' no vestiário não ajudou muito, e o atual campeão sofreu o empate aos 13 minutos da segunda etapa. Radovic avançou com espaço pelo meio e chutou de bico. Navas foi mal no lance e aceitou.

O Legia, que não vence uma partida de 'Champions' desde o 1 a 0 sobre o Blackburn em outubro de 1995, ficou mais perto de quebrar o jejum aos 38 minutos, quando a equipe anfitriã trocou passes rapidamente no contra-ataque e Moulin desempatou.

Dois minutos depois, porém, Kovacic diminuiu o vexame ao deixar tudo igual. O Real ainda esteve a centímetros de fazer o quarto, nos acréscimos, mas a tentativa de Vázquez parou no travessão.

Em Dortmund, o Borussia não contou com o atacante Aubameyang, excluído da partida pelo técnico Thomas Tuchel por problemas internos não revelados. Mas foi justamente em cabeceio do substituto do gabonês, Adrian Ramos, que os 'Aurinegros' fizeram 1 a 0 sobre o Sporting, aos 12 minutos do primeiro tempo, e carimbaram o passe para a próxima fase do torneio.

Entre os brasileiros do elenco dos 'Leões', apenas o meia Bruno César foi titular. O também meio-campista Elias ficou no banco, o lateral-esquerdo Jefferson está machucado, e o atacante André não foi relacionado por opção de Jorge Jesus.

Entre os representantes espanhóis que entraram em campo nesta quarta, o que fez bonito foi o menos badalado. Com Mariano e Paulo Henrique Ganso entre os titulares, o Sevilla goleou o Dínamo de Zagreb por 4 a 0 em casa e se isolou na liderança do grupo H, com dez pontos, dois a mais que a dona do segundo lugar, a Juventus, que empatou com o Lyon em 1 a 1. O representante francês tem quatro pontos e ainda briga para ir ao mata-mata.

Aos 28 minutos da primeira etapa em Sevilha, Vázquez cruzou rasteiro da esquerda, Vietto dominou tirando da marcação e concluiu com força para estufar a rede. Depois do intervalo, aos 20, Escudero trocou passes com Vitolo, invadiu a área, driblou e completou para o gol com um toque rasteiro.

Na parte final do jogo, o Sevilla deslanchou e balançou a rede outras duas vezes. Aos 34 minutos, N'Zonzi ganhou pelo alto e marcou de cabeça. Pouco depois, aos 40, depois de bonita troca de passes, Mariano tocou e Ben Yedder fechou a conta.

Foram necessários apenas 13 minutos para que a 'Velha Senhora', com Daniel Alves de titular e Alex Sandro entrando no decorrer do duelo, abrisse o placar no Juventus Stadium. Higuaín cobrou pênalti sofrido por Sturaro e superou o goleiro Anthony Lopes. O próprio 'Pipita' poderia ter assinalado o segundo, aos 38, mas bateu para fora com o gol aberto após passe de Mandzukic.

Tudo parecia encaminhado para uma vitória da Juve, mas faltou combinar com Tolisso. Aos 39 minutos do segundo tempo, o volante aproveitou cruzamento e igualou.

Com dois gols de Falcao García, que não deixava sua marca nas fases principais da 'Champions' desde 2010, o Monaco venceu o CSKA Moscou por 3 a 0 no Stade Louis II e se manteve na ponta no grupo E. A equipe do principado foi a oito pontos, enquanto o CSKA segura a lanterna, com dois.

O time anfitrião teve o lateral-direito Fabinho e o zagueiro Jemerson na formação inicial, enquanto o meia Boschilia figurou entre os reservas. No CSKA, o lateral-direito brasileiro naturalizado russo Mario Fernandes atuou durante os 90 minutos.

Na briga pela segunda posição da chave, o Tottenham jogou em Wembley, diante de 85 mil torcedores, e decepcionou, perdendo para o Bayer Leverkusen por 1 a 0. O único gol do duelo no mítico estádio foi marcado por Kampl. Dessa forma os 'Spurs' caíram para o terceiro lugar, com quatro pontos, dois a menos que o adversário.

No grupo G, o Leicester ainda lidera, mas perdeu os 100% de aproveitamento e a chance de se classificar por antecipação ao empatar sem gols com o Copenhague na Dinamarca.

No entanto, os 'Foxes' ainda estão bem próximos das oitavas de final, já que somam dez pontos, cinco a mais que o adversário, terceiro colocado. O segundo lugar é ocupado pelo Porto, que superou o Club Brugge, lanterna e já eliminado, pelo placar de 1 a 0 no Estádio do Dragão.

O gol dos 'Dragões' foi marcado aos 37 minutos da etapa inicial, quando Alex Telles cobrou escanteio da esquerda, André Silva cabeceou e contou com desvio na marcação para vencer o goleiro Butelle.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo