Esporte

Arce critica Fifa por punições e diz que não pode colocar mordaça na torcida

04/11/2016 16h15

Assunção, 4 nov (EFE).- O técnico do Paraguai, Francisco Arce, criticou nesta sexta-feira a decisão da Fifa de punir 11 seleções, entre elas a 'Albirroja' por incidentes protagonizados por torcedores em jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

"A Fifa está muito suscetível. É um absurdo isso. É impossível colocar uma mordaça nas pessoas que vão ao estádio", disse Arce ao divulgar os nomes dos noves jogadores de clubes locais convocados para as partidas do Paraguai contra Peru e Bolívia.

"Vamos acabar jogando sem público", disse ex-jogador de Palmeiras e Grêmio, temendo uma sequência das punições por parte da Fifa.

As seleções punidas pela Fifa foram, além do Paraguai: Albânia, Argentina, Brasil, Chile, Croácia, Estônia, Irã, Kosovo, e Ucrânia.

O Paraguai, sexto colocado nas Eliminatórias, enfrentará o Peru no próximo dia 10 de novembro, no Defensores del Chaco, em Assunção. Cinco dias depois, viaja até La Paz para encarar a Bolívia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo