Esporte

Pjanic garante novo triunfo da líder Juventus; Roma e Milan também vencem

06/11/2016 21h07

(Atualiza com últimas partidas do dia).

Roma, 6 nov (EFE).- Embora tenha encontrado mais dificuldades que se poderia esperar, a Juventus manteve a boa vantagem na liderança do Campeonato Italiano ao bater o Chievo por 2 a 1 em Verona neste domingo, enquanto Roma e Milan também venceram e se mantiveram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Como aconteceu nas últimas cinco temporadas, nas quais ficou com o 'Scudetto', a Juve não vem dando grandes chances à concorrência. A 'Velha Senhora' ocupa o topo da tabela com 30 pontos, quatro a mais que a rival da capital e cinco a mais que os 'Rossoneri'.

No estádio Marc'Antonio Bentegodi, todos os gols aconteceram no segundo tempo. Mandzukic fez 1 a 0 para o time visitante logo aos oito minutos, mas Pellissier deixou tudo igual aos 22, em cobrança de pênalti.

Coube então a Pjanic, em cobrança de falta a um passo da área, finalizar com categoria, estufar a rede e garantir o terceiro triunfo seguido da Juve no Italiano, o décimo em 12 rodadas.

O técnico da líder, Massimiliano Allegri, poupou alguns atletas, entre eles o lateral-direito Daniel Alves, que entrou apenas nos instantes finais. Já o lateral-esquerdo Alex Sandro e o meia Hernanes começaram jogando.

Para a Roma, a vitória veio com maior facilidade. Em casa, no Estádio Olímpico, os 'Giallorossi' contaram com grande atuação de Salah, que marcou os três gols do triunfo por 3 a 0 sobre o Bologna. Juan Jesus e Bruno Peres foram titulares de Luciano Spalletti, que no segundo tempo sacou este último para mandar Gerson a campo. O goleiro Alisson, da seleção brasileira, ficou no banco.

Já o Milan venceu a quinta nas últimas seis partidas ao derrotar o Palermo por 2 a 1. Suso abriu o placar para a equipe dirigida por Vicenzo Montella, e Nestoroski igualou para o Palermo, mas Lapadula desempatou aos 38 minutos do segundo tempo.

Montella relacionou os brasileiros Gabriel, Rodrigo Ely e Luiz Adriano para o jogo no estádio Renzo Barbera, mas todos ficaram no banco e não foram a campo.

Além de se manter próximo à Juventus, o Milan ainda se distanciou da Lazio, quarta colocada, e do Napoli, sexto, que se enfrentaram no sábado e empataram em 1 a 1, chegando a 22 e 21 pontos, respectivamente.

A nova quinta colocada é a Atalanta, que também foi a 22 pontos ao vencer o Sassuolo por 3 a 0 como visitante, no estádio Città del Tricolore, em Reggio Emilia. O resultado fez com que a equipe mandante, sensação da temporada passada, em que se classificou para a Liga Europa, caísse para a 16ª colocação, a penúltima fora da zona de rebaixamento.

Ainda sem treinador, a Inter de Milão deu um alívio na crise ao vencer o Crotone, lanterna, por 3 a 0 no estádio de San Siro. Perisic, com um gol, e Icardi, com dois, construíram o placar favorável aos 'Nerazzurri', donos da nona posição.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo