Esporte

Colômbia e Chile empatam em jogo com muitas lesões e sem gols

10/11/2016 20h41

Barranquilla, 10 nov (EFE).- Colômbia e Chile abriram a 11ª rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018 nesta quinta-feira com um empate em 0 a 0 no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla, em partida marcada pelo número de jogadores substituídos por lesão.

Nesse aspecto, quem tem de se preocupar é a torcida do Palmeiras, já que o zagueiro Mina, titular do líder do Campeonato Brasileiro, sentiu um problema na coxa e esquerda e teve de ser substituído na parte final do jogo.

A Colômbia contou com três velhos conhecidos da torcida no Brasil. Mina figurou na formação inicial, enquanto o atacante Copete, que vem se destacando no Santos e foi convocado pela primeira vez, ficou no banco.

Além deles, também esteve presente o atacante Borja, do Nacional de Medellín. O "carrasco de brasileiros" fez quatro gols nos dois jogos de semifinais contra o São Paulo pela Taça Libertadores, em que seu time foi campeão, e assinalou um "hat-trick" diante do Coritiba nas semifinais da Copa Sul-Americana, da qual é o artilheiro.

Borja esteve em campo apenas na primeira etapa e foi substituído pelo ídolo Falcao García, que voltou à seleção colombiana após 13 meses.

No Chile, o lateral-esquerdo Mena, do São Paulo, começou jogando, assim como o volante Aránguiz, ex-Internacional, e os atacantes Beausejour e Vargas, ambos com passagem pelo Grêmio. O goleiro Jhonny Herrera, que vestiu a camisa do Corinthians, teve de substituir Claudio Bravo no decorrer da partida por lesão.

Embora o jogo tenha acontecido em território colombiano, foi o Chile quem teve o controle das ações até pelo menos os 30 minutos do primeiro tempo. Aos 16, Mina afastou mal, para a meia-lua, e Vidal emendou de primeira, tirando tinta da trave esquerda.

A primeira chance dos 'Cafeteros' aconteceu aos 34 minutos, em cobrança de falta de James Rodríguez da meia esquerda. Murillo subiu livre e cabeceou para ótima defesa de Bravo. Ainda antes do intervalo, aos 47, o meia do Real Madrid levantou novamente, Aguilar preparou de cabeça e Borja emendou de primeira, mas parou em milagre do goleiro chileno.

O segundo tempo foi mais corrido e pegado, e alguns atletas sentiram. Aos oito minutos, Bravo se chocou com Arias e sentiu a coxa. O atleta do Manchester City até tentou continuar, mas não conseguiu. Mais tarde, aos 28, foi Aránguiz quem sentiu.

A Colômbia atacava mais, mas não era eficiente no arremate. Aos 24 minutos, Muriel carimbou a defesa, James Rodríguez recolheu e cruzou, mas Falcao não alcançou. Pouco depois, aos 32, o centroavante girou bonito, mas também acertou a zaga.

Mais acuado, mas nem por isso apático, o Chile respondeu em contra-ataque no minuto seguinte. Fuenzalida disparou pela direita e bateu cruzado para fora.

O problema com Mena aconteceu a pouco mais de dez minutos do apito final, e o defensor acabou dando lugar ao meia Macnelly Torres.

Mesmo com tempo suficiente para testar o goleiro Herrera, que não deixou saudades no Corinthians, a seleção anfitriã arriscou pouco. Aos 44, James tentou com efeito, e o arqueiro encaixou. Em seguida, aos 47, o próprio camisa 10 cruzou e Muriel escorou pela linha de fundo.

Com o empate, a Colômbia assumiu a terceira posição, com 17 pontos, um a mais que o Equador, que caiu para quarto, mais ainda hoje visitará o Uruguai. Já os chilenos continuam em quinto lugar, também com 16.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo