Esporte

Após vencer Superclássico, Brasil tenta fechar o ano com triunfo em Lima

14/11/2016 14h29

Lima, 14 nov (EFE).- Com o moral nas alturas após a vitória sobre a Argentina por 3 a 0 no Mineirão na quinta-feira passada, o Brasil disputará seu último jogo do ano nesta terça e terá pela frente uma adversária também bastante motivada, a seleção peruana, que ainda sonha ir à Copa do Mundo de 2018.

A partida no Estádio Nacional, em Lima, valerá pela 12ª rodada das Eliminatórias para o próximo Mundial e será a "saideira" da equipe pentacampeã em um ano de altos e baixos, mas que termina com os brasileiros por cima.

Desde a contratação do técnico Tite, a seleção jogou cinco vezes e obteve cinco vitórias, o que a levou ao topo da tabela na classificatória, com 24 pontos, um a mais que o Uruguai, segundo colocado. A diferença para o Chile, que aparece em quinto lugar, já é de sete pontos.

Os peruanos, por sua vez, aparecem apenas na oitava posição, mas se animaram depois de terem goleado o Paraguai por 4 a 1 fora de casa na quinta e chegado a 14 pontos. O resultado manteve vivo o sonho de quem quer ver a 'Blanquirroja' de volta à Copa após 36 anos.

Tite, que não pôde contar com o volante Casemiro diante da Argentina, por lesão, perdeu agora outro jogador do Real Madrid. O lateral-esquerdo Marcelo recebeu o segundo cartão amarelo no chamado Superclássico das Américas, já voltou para a Espanha e dará lugar a Filipe Luis, naquela que provavelmente será a única alteração do Brasil.

Coincidentemente, a sequência invicta do Brasil teve início após uma derrota para o Peru. Em 12 de junho, os pentacampeões foram derrotados por 1 a 0, graças a gol polêmico de Ruidíaz, e foi eliminado ainda na primeira fase da Copa América Centenário, o que causou a eliminação do técnico Dunga.

O treinador Ricardo Gareca não poderá contar com o lateral-esquerdo Trauco nem com o volante Tapia, suspensos, além do atacante Flores, que se machucou diante dos paraguaios.

No ataque, Cueva atuará mais adiantado, formando com Guerrero uma dupla São Paulo-Flamengo. Já na lateral, a opção mais óbvia seria a entrada de Yotún, mas é possível também que o ex-jogador do Vasco atue no meio, com Loyola na ala.



Prováveis escalações:.

Peru: Gallese; Corzo, Ramos, Rodríguez e Loyola; Aquino, Yotún, Polo e Carrillo; Cueva e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto; Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Christian de la Cruz e Alexander León.

Estádio Nacional, em Lima.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo