Esporte

Lavezzi processará jornalista que o acusou de consumir maconha em hotel

Scott Halleran/Getty Images/AFP
Imagem: Scott Halleran/Getty Images/AFP

15/11/2016 20h47

Buenos Aires, 15 nov (EFE) - O argentino Ezequiel Lavezzi disse nesta terça-feira (15) que processará o jornalista que afirmou nas redes sociais que o meia-atacante estava consumindo maconha na concentração da Argentina horas antes da partida contra a Colômbia pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

"Comunico que vou iniciar uma ação legal contra Gabriel Anello por suas falsas declarações contra minha pessoa pelos graves danos que geraram a minha família e em meu trabalho", disse Lavezzi através de sua conta no Twitter.

Anello afirmou ontem que o jogador não poderia estar no banco hoje porque consumiu maconha em plena concentração da 'Albiceleste'.

"Lavezzi fuma o segundo baseado na concentração e o 'imprensentável' é quem o diz... Temos a seleção e os jogadores que merecemos", disse Anello antes do anúncio de Lavezzi O técnico da Argentina, Edgardo Bauza surpreendeu na última quinta-feira ao incluir Lavezzi no banco de reservas, apesar de ele ainda estar se recuperando de uma lesão muscular. Para hoje, porém, ele antecipou que o meia não será alternativa para a partida contra a Colômbia. 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo