Esporte

A Rússia é logo ali: Brasil vence Peru em Lima e se aproxima da Copa

16/11/2016 02h23

Lima, 15 nov (EFE).- A classificação do Brasil para a Copa do Mundo de 2018 tem tudo para ser confirmada sem traumas no ano que vem e ficou praticamente garantida nesta terça-feira com uma vitória sobre o Peru por 2 a 0 no Estádio Nacional, em Lima, pela 12ª rodada das Eliminatórias.

No último jogo do ano, a seleção brasileira emplacou o sexto triunfo em seis partidas sob o comando de Tite, se manteve na liderança da fase classificatória sul-americana, com 27 pontos, e ficou a dois do "número mágico" apontado pelo próprio técnico como suficiente para selar a classificação para o Mundial da Rússia.

A situação do Brasil é bastante confortável, já que o segundo colocado, o Uruguai, perdeu para o Chile por 3 a 1 e parou nos 23 pontos. Já o Peru vê a classificação mais distante, já que parou nos 15, em antepenúltimo lugar.

Os dois gols da equipe visitante aconteceram no segundo tempo, ambos com participação de Gabriel Jesus. O jogador do Palmeiras marcou o primeiro, tornando-se o artilheiro da seleção nas Eliminatórias, com cinco, e deu o passe para Renato Augusto fazer o outro.

O esquadrão de Tite voltará a campo apenas em 23 de março, quando terá a dura missão de disputar um confronto direto com a 'Celeste' em Montevidéu. Cinco dias depois, o adversário será o Paraguai, em casa, em estádio ainda não definido.

O Brasil entrou em campo com apenas uma alteração em relação à vitória sobre a Argentina na última quinta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte. Suspenso, Marcelo foi substituído por Filipe Luis. Outro desfalque foi o volante Casemiro, machucado.

Na seleção peruana, Ricardo Gareca se viu obrigado a realizar três alterações na formação inicial em relação à goleada sobre o Paraguai em Assunção. O lateral-esquerdo Trauco e o volante Tapia cumpriram suspensão e deram lugar a Loyola e Aquino, respectivamente. Já Flores se machucou e foi substituído por Polo, meia mais recuado, dando liberdade para a dupla formada por Cueva, do São Paulo, e Guerrero, do Flamengo.

Pela primeira vez na 'Era Tite', o Brasil foi bastante pressionado nos instantes iniciais de partida. Logo aos sete minutos, o Peru teve grande chance de abrir o placar, mas o chute cruzado de Carrillo acabou beijando o pé da trave esquerda.

A resposta não demorou a ser dada e veio com Neymar, aos dez minutos. O atacante acelerou pela esquerda, invadiu a área, driblou e rolou para a chegada de Paulinho, que bateu rasteiro. O goleiro Gallese espalmou e a defesa afastou.

Renato Augusto e Philippe Coutinho trocavam bastante de posição e protagonizaram bonita tabela aos 14 minutos. O ex-jogador de Flamengo e Corinthians levantou buscando Gabriel Jesus, que não alcançou por centímetros.

Aos poucos, o ímpeto dos peruanos foi diminuindo, e, para dificultar, alguns jogadores ainda cometiam erros decisivos. Aos 24, Guerrero buscou Cueva, mas o meia-atacante não dominou e saiu com bola e tudo.

A melhor chance de todo o primeiro tempo apareceu aos 32, em escanteio para o Brasil. Neymar cobrou fechado e, dentro da pequena área com o goleiro batido, Fernandinho cabeceou para fora. Na sequência, aos 36 minutos, o volante, que foi capitão da seleção, emendou de primeira da meia-lua e isolou.

A 'Blanquirroja' voltou do intervalo com o mesmo propósito do começo da partida, pressionando o adversário na saída de bola. Logo aos dois minutos, Corzo cruzou por baixo, Guerrero desviou sem querer e ia acertando o cantinho, mas Alisson caiu para pegar.

Desta vez, a pressão durou ainda menos. Rapidamente o time pentacampeão mundial tomou o controle das ações e obteve o gol, aos 12 minutos. Coutinho brigou na entrada da área, caiu, a defesa não cortou, e Gabriel Jesus, bem colocado, chutou no canto esquerdo alto para fazer 1 a 0.

A seleção brasileira jogava fácil, criava e ainda produzia jogadas de efeito. Aos 20, Renato Augusto cruzou e a defesa sobrou, mas a sobra ficou com Daniel Alves. O lateral da Juventus deu um lindo chapéu e fez a enfiada buscando Neymar, mas a defesa cortou.

O time da casa voltou a incomodar aos 25 minutos e esteve a centímetros do empate. Depois do escanteio de Yotún, ex-Vasco, Loyola cabeceou e Alisson defendeu no reflexo. No susto, Ramos também tentou de cabeça, e a bola raspou a trave direita.

Mais perto ainda do gol esteve Neymar, aos 30. Ele aproveitou ótima inversão feita por Philippe Coutinho, levou da esquerda para o meio e chutou de fora da área. A bola encobriu Gallese, mas parou no travessão.

O Peru esboçava uma pressão, mas o Brasil fazia vale a máxima "a melhor defesa é o ataque" até marcar o segundo, aos 33. A defesa errou na interceptação, Gabriel Jesus amaciou e rolou com jeito para Renato Augusto, que dominou e bateu rasteiro no canto, aumentando a vantagem.

A última tentativa da 'Blanquirroja' aconteceu cinco minutos depois, em mais um levantamento de Yotún para outro cabeceio de Ramos para fora. Nos acréscimos, aos 46, Paulinho poderia ter marcado o terceiro, aproveitando cruzamento rasteiro de Douglas Costa, mas a conclusão saiu à esquerda do alvo.



Ficha técnica:.

Peru: Gallese; Corzo (Advíncula), Ramos, Rodríguez e Loyola; Aquino, Yotún, Polo (Sánchez) e Carrillo (Ruidíaz); Cueva e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto; Neymar, Philippe Coutinho (Douglas Costa) e Gabriel Jesus (Willian). Técnico: Tite.

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Christian de la Cruz e Alexander León.

Cartões amarelos: Loyola e Cueva (Peru); Renato Augusto (Brasil).

Gols: Gabriel Jesus e Renato Augusto (Brasil).

Estádio Nacional, em Lima.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo