Esporte

Comitê de Ética da Fifa suspende dirigente catariano por 1 ano

16/11/2016 18h26

Redação Central, 16 nov (EFE).- O Comitê de Ética da Fifa decidiu suspender por um ano de todas as atividades relacionadas com o futebol em nível nacional e internacional o catariano Saoud Al-Mohannadi, vice-presidente da Associação de Futebol de seu país (QFA) e da Confederação Asiática de Futebol (AFC).

A decisão do grupo de Assuntos Jurídicos do Comitê de Ética Independente, presidida por Hans-Joachim Eckert, entra em vigor imediatamente.

"As investigações contra o Sr. Al-Mohannadi começaram em 27 de julho de 2015 e foram dirigidas por Djimrabaye Bourngar, vice-presidente da sala de investigação do Comitê de Ética, sobre possíveis infrações por parte do Sr. Al-Mohannadi de seu dever de colaborar como testemunha em um procedimento separado", disse a Fifa em comunicado.

Além da suspensão por ano de todas as atividades relacionadas com o futebol, sejam administrativas, esportivas ou de outro tipo, em nível nacional e internacional, Al-Mohannadi ainda terá de pagar uma multa de 20 mil francos suíços (R$ 68,25 mil).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo