Esporte

Técnico da Noruega deixa o cargo após 3 anos

16/11/2016 09h11

Copenhague, 16 nov (EFE).- O técnico da Noruega, Per-Mathias Hogmo, anunciou nesta quarta-feira que deixará o cargo três anos após assumi-lo, em meio às críticas generalizadas pelo rendimento da equipe, que ocupa o penúltimo lugar do grupo C das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A decisão, tomada em acordo segundo comunicado da Federação Norueguesa de Futebol, pretende aliviar a "grande pressão" sobre o elenco devido os maus resultados, explicou o técnico em coletiva.

Nas quatro primeiras rodadas das Eliminatórias, a Noruega só foi capaz de vencer San Marino, lanterna da chave, e perdeu os outros três compromissos: contra a Alemanha, por 3 a 0, contra o Azerbaijão, por 1 a 0, e contra a República Tcheca, por 2 a 1, em partida disputada na última sexta-feira.

Os favoritos para substituir Hogmo são o atual técnico do Copenhague, o norueguês Stale Solbakken, e o sueco Erik Hamren, com vasta experiência no Campeonato Norueguês e atualmente sem emprego após ter deixado a seleção de seu país depois da Eurocopa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo