Esporte

Em momentos opostos, Milan e Inter fazem clássico pelo Italiano

18/11/2016 10h13

Roma, 18 nov (EFE).- O Campeonato Italiano volta neste fim de semana após a paralisação para os compromissos internacionais das seleções com o clássico entre Milan e Inter de Milão como o duelo de maior destaque e que encerra a 13ª rodada do torneio.

O clássico de Milão colocará frente a frente dois times em momentos completamente distintos. A Inter, comandada pelo novo técnico Stefano Pioli, ex-Lazio, ocupa apenas a nona posição e não tem margem para erro. Já o Milan, terceiro colocado, chega para o duelo tendo vencido cinco dos últimos seis duelos.

O confronto de domingo no San Siro representa, além disso, um duelo particular entre o colombiano Carlos Bacca, do Milan, e o argentino Mauro Icardi, do Inter, o que seria o primeiro gol do artilheiro "nerazzuri" contra o rival histórico da equipe.

Para o clássico, o técnico do Milan, Vicenzo Montella, não poderá contar com o zagueiro italiano Alessio Romagnoli. O paraguaio Gustavo Gómez e colombiano Cristián Zapata disputam a titularidade.

Pelo lado da Inter, Pioli não poderá contar com Éder Banega, que se recupera de lesão. No entanto, terá o retorno de Gary Medel, após suspensão de três jogos por agressão. Já Gabriel Jesus, apesar dos elogios do técnico, seguirá no banco de reservas.

No topo da tabela, a Juventus receberá no sábado o recém-promovido Pescara para se isolar ainda mais na liderança do Italiano. A 'Velha Senhora' ocupa a primeira colocação da tabela com 30 pontos, quatro a mais que a vice-líder Roma.

O técnico Massimiliano Allegri tem vários destaques para a partida. Estão fora do jogo os zagueiros Andrea Barzagli, Giorgio Chiellini e Mehdi Benatia, o atacante Paulo Dybala, e os meias Marko Pjaca e Kwadwo Asamoah. Com isso, seguem no time titular os brasileiros Alex Sandro e Hernanes.

A Roma visitará no domingo a Atalanta, quinta colocada na tabela, com 22 pontos, e uma das principais surpresas do torneio.

O técnico Luciano Spalletti deve apostar na manutenção do trio ofensivo formado por Diego Perotti, Mohammed Salah e Edin Dzeko, empatado com Icardi como artilheiro do Italiano, com 10 gols.

Já o Napoli, que caiu para a sexta posição depois da grave lesão sofrida pelo atacante Arkadiuzs Milik, precisa vencer a Udinese no difícil Estádio Friuli para tentar voltar ao topo da tabela.

Sem o polonês, o espanhol José Calderón será o encarregado de comandar o ataque, acompanhado do belga Dries Mertens e do italiano Lorenzo Insigne.



Programação da 13ª rodada do Campeonato Italiano:.

Sábado.

Chievo - Cagliari.

Udinese - Napoli.

Juventus - Pescara.

Domingo.

Sampdoria - Sassuolo.

Atalanta - Roma.

Bologna - Palermo.

Crotone - Torino.

Empoli - Fiorentina.

Lazio - Genoa.

Milan - Inter de Milão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo