Esporte

Inter de Milão perde de virada em Israel e cai precocemente na Liga Europa

24/11/2016 18h16

Redação Central, 24 nov (EFE).- A Inter de Milão voltou a decepcionar nesta quinta-feira e está eliminada da Liga Europa, ao perder fora de casa para o Hapoel Be'er Sheva, de Israel, por 3 a 2, depois de ter aberto vantagem de dois gols em menos de meia hora, em dia de goleada do Shakhtar Donetsk e tropeço do Villarreal.

A equipe italiana começou melhor a partida e deu a impressão de que golearia. Aos 12 minutos do primeiro tempo, o atacante argentino Mauro Icardi abriu o placar. Pouco depois, aos 25, foi a vez do volante Marcelo Brozovic balançar as redes.

O panorama do confronto em Israel virou completamente na etapa complementar. Aos 13, o atacante brasileiro Lúcio Maranhão, ex-Vitória, Figueirense, Fortaleza, CRB, entre outros, descontou, dando o primeiro golpe nos 'nerazzurri'.

Aos 24, o goleiro esloveno Samir Handanovic fez falta na área e recebeu segundo cartão amarelo - o primeiro foi por cera, aos 45 da etapa inicial. Com isso, o argentino Juan Pablo Carrizzo entrou no lugar do atacante brasileiro naturalizado italiano Éder, e na primeira ação, não defendeu cobrança do atacante nigeriano Anthony Nwakaeme.

O camisa 30, embora não tenha conseguido evitar o empate do Hapoel, acabou se tornando o grande nome da Inter nos minutos finais, com pelo menos três defesas difíceis. Aos 48, no entanto, o goleiro não segurou finalização à queima-roupa do atacante israelense Ben Sahar, que decretou a virada no marcador.

Com o resultado, a Inter de Milão permaneceu com três pontos e não tem mais como alcançar o próprio Hapoel, terceiro na tabela, e o Southampton, ambos com quatro pontos a mais. Os dois times se enfrentarão na última rodada, para definir o segundo colocado da chave.

O Sparta Praga, por sua vez, derrotou o time inglês nesta quinta-feira por 1 a 0, graças a gol do zagueiro zimbábuano Costa Nhamoinesu, aos 12 minutos do primeiro tempo, com isso garantiu não só a classificação, mas também a liderança antecipada, ao alcançar os 12 pontos.

Na Ucrânia, o Shakhtar Donestk contou com a inspiração dos atacantes brasileiros para golear o eliminado Konyaspor, da Turquia, por 4 a 0, e se manter com 100% de aproveitamento na competição. A equipe já havia entrado em campo com a primeira colocação garantida no grupo H.

O zagueiro turco Abdülkerim Bardakci, em gol contra bizarro, de ombro, abriu o placar para os donos da casa, aos 10 minutos do primeiro tempo. Ainda na etapa inicial, Dentinho marcou aos 36. Depois do intervalo, o naturalizado croata Eduardo da Silva balançou as redes aos 21, e Bernard fechou a conta oito minutos depois.

Na Bélgica, o Braga perdeu a chance de se classificar para a próxima fase, ao ceder empate ao Gent em 2 a 2, em partida com quatro gols marcados na etapa inicial. O atacante sérvio Nikola Stojiljkovic e meia egípcio Ahmed Hassan 36 fizeram os gols dos donos da casa, e o atacante malinês Kalifa Coulibaly e meia suíço Danijel Milicevic balançaram as redes para os anfitriões.

O Villarreal, do atacante brasileiro Alexandre Pato, por sua vez, cedeu empate ao Zurich, da segunda divisão do Campeonato Suíço, fora de casa, em 1 a 1, em um grupo L que tem os quatro times brigando ainda pela classificação.

O volante espanhol Bruno Soriano abriu o placar para o Submarino Amarelo aos 14 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, o meia suíço Roberto Rodríguez deixou tudo igual, cobrando pênalti aos 42 da etapa complementar.

Na outra partida da chave, na Romênia, o lanterna Steaua Bucareste derrotou o Osmanlispor, da Turquia, de virada, por 2 a 1 e segue vivo na luta para avançar à fase 16 avos de final.

No grupo I, o Schalke 04 manteve 100% de aproveitamento ao bater com facilidade o agora eliminado Nice, líder do Campeonato Francês, por 2 a 0, em jogo disputado na Alemanha. O atacante ucraniano Yevheniy Konoplyanka e lateral-esquerdo alemão Dennis Aogo marcaram para os anfitriões.

O Krasnodar, por sua vez, arrancou empate com o Red Bull Salzburg em 1 a 1, graças a gol marcado aos 40 minutos do segundo tempo, pelo atacante russo Fyodor Smolov, e garantiu classificação para a próxima etapa, já que abriu três pontos do adversário de hoje, que havia batido na Áustria por 1 a 0.

Pelo grupo J, a Fiorentina perdeu a chance de se classificar e, de quebra, garantir a liderança, ao perder de virada para o PAOK Salônica, da Grécia, em casa, por 3 a 2. O gol da vitória do time visitante foi marcado aos 48 minutos do segundo tempo, pelo atacante cabo-verdiano Garry Rodrigues.

Na mesma chave, o Slovan Liberec escapou da eliminação precoce ao derrotar na República Tcheca o Qarabag, do Azerbaijão, que ainda luta para avançar, por 3 a 0.

Líder já garantido do grupo G, o Ajax passou pelo Panathinaikos, em casa, por 2 a 0 e chegou a 13 pontos. Celta de Vigo e Standard de Liége, que fizeram confronto em que o vencedor avançaria de fase, empataram em 1 a 1 e estão ambos com seis pontos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo