Esporte

Tijuana tenta reverter vantagem folgada do León nas quartas do Apertura

25/11/2016 16h19

Cidade do México, 25 nov (EFE).- Líder da primeira fase do Torneio Apertura do Campeonato Mexicano, o Tijuana precisará de uma grande atuação para reverter a complicada situação em que ficou nas quartas de final, depois de perder para o León, fora de casa, por 3 a 0, no jogo de ida.

No estádio Nou Camp, a equipe que conseguiu fazer 33 pontos em 17 rodadas, caiu graças a gols do atacante argentino Mauro Boselli, do lateral-direito mexicano Fernando Navarro e de outro atacante argentino Germán Cano.

Com o resultado, o time do volante Juninho, ex-São Paulo e Los Angeles Galaxy, terá que devolver o placar ou então golear por quatro gols de diferença para avançar. Se perder por 4 a 1 ou 5 a 2, será eliminado pelo critério de gols marcados fora de casa.

Na primeira fase, o Tijuana marcou 24 gols e só em uma partida conseguiu balançar as redes três vezes ou mais, na terceira rodada, em vitória sobre o Chivas Guadalajara por 4 a 0. No encontro que teve em casa com o León, oitavo colocado, acabou ficando no empate em 1 a 1.

As duas equipes voltarão a se reencontrar neste sábado, no estádio Caliente, na região fronteiriça do México com os Estados Unidos. A partida é a segunda do primeiro dia de definições de semifinalistas, já que, pouco antes, haverá encontro entre Tigres e Pumas.

Na partida de ida, no Estádio Olímpico Universitário, houve empate em 2 a 2, que colocou a equipe comandada pelo técnico brasileiro naturlizado mexicano Ricardo Ferretti em situação bastante confortável.

Agora em casa, o Tigres pode repetir o placar que avançará pela melhor campanha na primeira fase. Além disso, servem as igualdades sem gols e em 1 a 1, além de qualquer vitória. O Pumas, sexto na primeira fase, vai em busca da vitória sou de empate com três ou mais gols.

No domingo, o vice-líder da primeira fase, Pachuca, também vai em busca de reverter desvantagem, já que perdeu fora de casa para o Necaxa por 2 a 1, graças a gol decisivo do atacante argentino Claudio Riaño, marcado aos 40 minutos do segundo tempo.

Por fim, América e Chivas Guadalajara farão novo clássico, agora no estádio Azteca. Na partida de ida, houve empate em 1 a 1, com a equipe da capital marcando com o meia William da Silva, ex-Palmeiras, Vitória e Joinville.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo