Esporte

Estádio da final da Copa de 2022 será obra com toque chinês

28/11/2016 15h43

(Atualiza com nome de empresas chinesa e catariana).

Doha, 28 nov (EFE).- A China Railway Construction Corporation Limited (CRCC) será a encarregada, através de um consórcio com uma empresa do Catar, de realizar as obras para a construção do estádio da final da Copa do Mundo de 2022, anunciou nesta segunda-feira o Comitê Supremo para a Entrega e o Legado, organizador do torneio.

"A assinatura deste contrato representa um passo significativo. O Estádio de Lusail será a peça central do torneio em 2022 e depois se tornará parte integral da cidade de Lusail na fase de legado", disse na nota o secretário-geral da organização, Hassan al Zawadi.

O estádio, que receberá também a cerimônia de abertura, está sendo desenhado nos estúdios de arquitetura da Foster + Partners, do reconhecido arquiteto britânico Norman Foster e cujo projeto será revelado em 2017. O espaço será erguido na fronteira entre Lusail e Doha, terá capacidade de 80 mil espectadores e não terá cobertura.

A empresa catariana que formará o consórcio com a CRR é a HBK Contracting, acrescentou a nota do comitê organizador.

Com esse acordo, a China continua aumentando sua presença no mundo do futebol. Além da incursão na construção de estádios, empresas do país compraram grandes clubes europeus, como o Milan, e têm participações em outras equipes como Atlético de Madrid, Aston Villa e Manchester City, entre outros.

A cidade de Lusail está em fase de construção e terá um custo estimado de US$ 45 bilhões (R$ 152,5 bilhões), segundo os especialistas. Deverá ficar pronta em 2020 para receber 200 mil habitantes e 170 mil trabalhadores, contará com 22 hotéis e cinco campos de treinamento de futebol projetados sob as estritas especificações e exigências da Fifa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo