Esporte

Avião com equipe da Chapecoense sofre acidente com sobreviventes na Colômbia

29/11/2016 04h33

(Atualiza com informação sobre passageiros e outros detalhes).

Medellín (Colômbia), 29 nov (EFE).- Um avião com 81 pessoas a bordo, entre elas a delegação da Chapecoense, se acidentou na noite de segunda-feira quando se aproximava do Aeroporto Internacional José María Córdova, em Medellín (Colômbia), segundo informações do próprio aeroporto.

"Confirmado, a aeronave com matrícula CP2933 que transportava a equipe da @ChapecoenseReal. Aparentemente há sobreviventes", disse o aeroporto através do Twitter.

Pelo menos dez pessoas estão sendo atendidas no local do acidente, onde segue a busca por sobreviventes, segundo o comandante do Corpo de Bombeiros de La Unión, citado pelo portal de notícias "mioriente.com".

Segundo o Aeroporto de Medellín, a aeronave transportava 72 passageiros e nove tripulantes que se dirigiam para Medellín onde a Chapecoense disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana na quarta-feira.

Aparentemente, o acidente aconteceu nas imediações dos municípios da La Ceja e La Unión, ambos no departamento de Antioquia e perto de Rionegro, onde esta localizado situado o Aeroporto José María Córdova.

O diretor do Departamento Administrativo do Sistema de Prevenção, Atenção e Recuperação de Desastres (Dapard) de Antioquia, Mauricio Parodi, disse aos jornalistas que a aeronave pode estar em um lugar conhecido como Cerro Gordo.

"Acredita-se que o avião pode estar nos arredores de La Unión, em um lugar conhecido como Cerro Gordo e já foram ativados todos os alertas", afirmou o funcionário.

Parodi disse que o avião procedia do Aeroporto Internacional Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), onde, aparentemente, tinha feito uma escala técnica.

O comandante do Corpo de Bombeiros de La Unión, citado pelo "mioriente.com", disse que pelo menos dez pessoas estão sendo atendidas no local do acidente.

Ele também informou que todas as autoridades municipais estão em alerta para atender a emergência e dois helicópteros da Força Aérea Colombiana (FAC) trabalham na busca por mais sobreviventes.

O prefeito de La Ceja, Elkin Ospina, afirmou que "30 unidades da polícia, a Cruz Vermelha e os bombeiros do município seguiram para o local do acidente", e as autoridades ativaram um Posto de Comando Unificado que funcionará na sede da prefeitura.

O avião, com matrícula TT2933, devia ter chegado em Medellín por volta das 21h33 (horário local, 0h33 de Brasília) mas perdeu contato com a torre de controle quando voava perto de La Ceja, segundo as fontes.

A Chapecoense seguia para Medellín onde na quarta-feira estava marcado o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Nacional de Medellín-COL.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo