Esporte

Clubes ingleses expressam condolências a vítimas de acidente aéreo

29/11/2016 18h28

Londres, 29 nov (EFE).- Os 20 clubes da primeira divisão do Campeonato Inglês enviaram nesta terça-feira mensagens de condolência aos familiares das vítimas do trágico acidente aéreo registrado na Colômbia e expressaram apoio à Chapecoense, que perdeu parte de seus jogadores, dirigentes e membros da comissão técnica no voo que levava a equipe para disputa da final da Copa Sul-Americana.

"Nossos pensamentos estão com todos da Chapecoense, suas famílias e todos os afetados pela tragédia na Colômbia", escreveu o Chelsea, líder do torneio, em sua conta oficial no Twitter.

O Liverpool e o Manchester City, segundo e terceiro colocados no Inglês, respectivamente, também mandaram mensagens de apoio à Chapecoense após a notícia da queda do avião, que provocou a morte de 75 das 81 pessoas a bordo.

"Nossos pensamentos estão com a Chapecoense e com os afetados por essa tragédia na Colômbia", publicou o Liverpool, acompanhado pela hashtag #ForçaChapecoense.

"Os pensamentos de todos os membros do Manchester City estão com os afetados pela tragédia na Colômbia. #ForçaChapecoense", escreveu por sua parte o Manchetser City, em suas contas oficiais.

O Arsenal e o Manchester United também expressão condolências aos familiares das vítimas do acidente e enviaram palavras de esperança através do Twitter.

"Os pensamentos de todos no Arsenal estão com os afetados por esta tragédia na Colômbia. Pensando em você, Chapecoense", afirmaram os 'Gunners, com uma mensagem que era acompanhada com o escudo do clube brasileiro no Twitter.

"Os pensamentos de todos os integrantes do Manchester United estão com a Chapecoense e com todos os afetados por esta tragédia na Colômbia", disseram os 'Diabos Vermelhos' também no Twitter.

Apesar de a Premier League não ter divulgado um comunicado sobre o assunto, os 20 clubes da elite do futebol inglês mostraram solidariedade com as vítimas do acidente.

Antes das partidas disputadas nesta segunda-feira pela Copa da Liga Inglesa, jogadores e torcedores fizeram homenagem aos mortos no acidente. No Anfield, onde o Liverpool e Leeds United se enfrentavam, o silêncio foi completo.

O acidente ocorreu na madrugada desta terça-feira, quando o avião que levava a equipe da Chapecoense se aproximava do aeroporto José María Córdova, na região metropolitana de Medellín. Das 81 pessoas a bordo, 75 morreram, entre jogadores, dirigentes e membros da comissão técnica do clube, jornalistas e integrantes da tripulação.

Os seis sobreviventes são o lateral-esquerdo Alan Ruschel, o zagueiro Neto, o goleiro Jackson Follman, o jornalista Rafael Henzel, a comissária Ximena Suárez e o técnico de voo Erwin Tumiri. O goleiro Danilo, herói da classificação da Chapecoense à decisão da Sul-Americana, chegou a ser resgatado com vida, mas não resistiu aos ferimentos no hospital.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo