Esporte

Gareth Southgate é efetivado na seleção inglesa e assina contrato de 4 anos

30/11/2016 14h45

Londres, 30 nov (EFE).- A Federação Inglesa de Futebol (FA) oficializou nesta quarta-feira a efetivação de Gareth Southgate no cargo de técnico da seleção do país para as próximas quatro temporadas, depois que ele ocupou a função interinamente nos últimos quatro jogos.

Southgate, de 46 anos, esteve à frente do 'English Team' nas vitórias contra Malta e Escócia e o empate com a Eslovênia, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, e na igualdade com a Espanha, em amistoso. Ele assumiu após a demissão de Sam Allardyce, que saiu em 27 de setembro por ter se envolvido em um caso de corrupção em transferências.

"A Football Association anuncia que nomeou Gareth Southgate como técnico da Inglaterra. Assinou um contrato de quatro anos, nos quais estão incluídas as campanhas da Inglaterra para a Copa do Mundo de 2018 e a Eurocopa de 2020", informou a entidade em comunicado.

O jovem técnico, ex-Middlesbrough e que vinha à frente da seleção sub-21, disse estar extremamente orgulhoso e prometeu dar tudo de si para oferecer ao país uma equipe da qual a população tenha orgulho.

"Desfrutei muito da experiência nestes quatro jogos, e acho que esta equipe tem muito potencial. trabalho duro começa agora", declarou o treinador, que receberá um salário anual próximo de 2 milhões de libras (R$ 8,5 milhões).

O primeiro jogo do treinador agora efetivado será no dia 22 de março, em amistoso contra a Alemanha, no Signal Iduna Park, em Dortmund.

Agora 16º técnico da história do 'English Team', Southgate foi entrevistado há uma semana no centro de treinamentos de St. George's Park por um painel de cinco integrantes da FA, entre eles o presidente, Greg Clarke, o diretor-executivo, Martin Glenn, e o diretor técnico, Dan Ashworth.

Antecessor de Southgate, Allardyce aparece em vídeo divulgado pelo jornal britânico "The Telegraph" explicando, entre outras questões, como burlar as leis do mercado de contratações. Nas imagens, 'Big Sam' aparece negociando com supostos empresários um acordo avaliado em 400 mil libras (R$ 1,7 milhão) para representar um grupo de investidores asiático e dar conferências em determinados eventos.

O técnico também conta a outro homem como burlar a legislação sobre a titularidade de jogadores por parte de terceiros, uma prática proibida pela FA desde 2008. Além disso, na gravação, Allardyce faz comentários sobre outras personalidades do mundo do futebol e inclusive da família real britânica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo