Esporte

Espanha detém 34 pessoas por fraudar jogos de tênis para apostas

01/12/2016 11h38

Madri, 1 dez (EFE).- A Guarda Civil da Espanha prendeu nesta quinta-feira 34 pessoas, entre eles sete tenistas, por envolvimento em fraudes em resultados de jogos de tênis com as quais conseguiram lucros de mais de 500 mil euros em apostas, em torneios na Espanha, a maioria em Sevilha, e Portugal.

Em entrevista coletiva, o responsável da operação, que se desenvolveu em várias províncias espanholas, a tenente María Jiménez, explicou que todos os tenistas são homens que se encontram no ranking nacional entre os postos 30 e 360, e no internacional, do 800 ao 1.400, e que a casa de apostas mais prejudicada foi a BET365.

A tenente explicou que os tenistas incorreram em um crime de corrupção no esporte que prevê uma pena de prisão de seis meses a quatro anos e inabilitação, e uma possível proibição da federação de tênis para participar de torneios. Além disso, os detidos também são acusados de fraude e formação de quadrilha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo