Esporte

Mais de 300 jogadores ingleses já denunciam abuso sexual de técnicos

Reprodução / BBC
Andy Woodward, ex-jogador do Sheffield Wednesday Imagem: Reprodução / BBC

Da EFE, em Londres

03/12/2016 15h31

Pelo menos outros 17 ex-jogadores ingleses denunciaram ter sofrido abusos sexuais por treinadores ou outros empregados de suas equipes no início de suas carreiras, segundo informações divulgadas neste sábado pelo sindicato de jogadores da Inglaterra (PFA).

O número total de vítimas subiu para 350, desde que Andy Woodward, ex-jogador do Sheffield Wednesday no final dos anos 90, deu um passo à frente há pouco mais de duas semanas e revelou ter sofrido abusos por parte do ex-técnico Barry Bennell.

"Tenho 17 pessoas que não querem revelar sua identidade, mas que querem apoiar os que confirmaram publicamente ter sofrido abusos. Acredito que esse número continuará aumentando", disse Michael Bennett, da PFA, à emissora britânica "Sky Sports".

"Estamos vendo coisas de décadas passadas que, finalmente, estão começando a ser divulgadas. Acredito que eles não tinham antes o apoio que têm agora", acrescentou.

Segundo a Sociedade Nacional para a Prevenção da Crueldade às Crianças (NSPCC), a linha de atendimento telefônico destinada a denúncias de abusos sexuais no futebol inglês recebeu 860 chamadas em sua primeira semana ativa.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo