Esporte

LaMia garante que colabora com investigações sobre acidente aéreo na Colômbia

05/12/2016 19h16

La Paz, 5 dez (EFE).- A companhia aérea boliviana LaMia afirmou nesta segunda-feira que está colaborando "ativamente" com a investigação sobre o acidente aéreo que matou 71 pessoas na última terça-feira, na Colômbia, grande parte delas da delegação da Chapecoense e jornalistas que viajavam a Medellín para a disputa da decisão da Copa Sul-Americana.

Em comunicado, a empresa expressou seu "sentimento de dor" pelas mortes provocadas pela tragédia e afirmou que está fazendo tudo ao seu alcance para "buscar o bem-estar de todos os afetados".

"Neste momento, a LaMia colabora ativamente com a investigação do acidente na Colômbia e com as autoridades competentes da Bolívia e de outros países para compreender adequadamente as causas desta tragédia", afirmou a nota enviada pela empresa.

O avião da LaMia que levava a Chapecoense caiu na madrugada da última terça-feira nas proximidades do aeroporto de Medellín, provocando a morte de 71 das 77 pessoas que estavam a bordo. Três jogadores, um jornalista e dois membros da tripulação sobreviveram.

O governo da Bolívia decidiu retirar na quinta-feira a permissão de operações da LaMia e suspender as principais autoridades da aviação civil enquanto as investigações estão em andamento.

A Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares à Navegação Aérea apresentou na sexta-feira uma denúncia contra uma funcionária pública que revisou o plano de voo da aeronave acidentada, mas só apresentou observações no dia seguinte da tragédia.

O ministro de Obras Públicas da Bolívia, Milton Claros, afirmou que há indícios de "omissão e tráfico de influências" na fiscalização à LaMia.

O Ministério Público da Bolívia convidou promotores de Brasil e Colômbia para uma reunião para analisar o acidente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo