Esporte

Mundial de Clubes contará com assistentes de vídeo para lances duvidosos

07/12/2016 20h16

Redação Central, 7 dez (EFE).- O Mundial de Clubes, que começará a ser disputado no Japão nesta quinta-feira com a partida entre Kashima Antlers e Auckland City, contará com a participação de árbitros assistentes de vídeo.

"Isto representa um grande passo em termos de experimentar a tecnologia", disse em comunicado o ex-atacante holandês Marco van Basten, responsável pelo departamento de desenvolvimento técnico da entidade.

"Estamos bem preparados após testarmos tudo com o apoio da International Football Association Board (Ifab), da emissora Dentsu/NTV e Hawk-Eye (empresa que desenvolve a tecnologia da linha do gol). É importante lembrar que estamos entrando em um território desconhecido, vamos fazer isso pela primeira vez. Em última instância, estes testes devem ser muito valiosos para determinar se é necessário melhorar mais", comentou.

Os árbitros assistentes de vídeo terão acesso a todos os canais de transmissão dentro de uma sala de operações e poderão proporcionar informação ao árbitro no campo de jogo para corrigir erros claros em situações de "mudança de jogo".

Entre as situações monitoradas estão incidentes graves, gols, pênaltis, cartões vermelhos e casos de identificação equivocada. Esses assistentes desempenharão um papel de apoio junto com o trio de arbitragem em campo e o quarto árbitro, mas o principal continuará tomando a primeira decisão.

"O sistema se desenvolveu, da mesma forma que a tecnologia da linha do gol, para proporcionar apoio adicional ao árbitro. Queremos que o ritmo do jogo seja mantido e, como sempre, a primeira e a decisão final fiquem com o árbitro. Esta é a nossa filosofia, e neste início, assim como a aplicação prática da tecnologia, tudo foi explicado aos árbitros como parte de um programa de treino contínuo", afirmou o chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca.

Os árbitros e assistentes de vídeo envolvidos no Mundial de Clubes deste ano participaram de intensas aulas teóricas e práticas organizadas pelo Departamento de Arbitragem da Fifa durante a semana anterior à competição, explicou a Fifa.

Os principais pontos de atenção foram a compreensão do futebol, a leitura do jogo, o posicionamento, o trabalho em equipe e as diferentes mentalidades do futebol, com o objetivo de conseguir uniformidade.

Os árbitros revisaram os vídeos de situações de partidas reais e participaram de sessões de treino prático com os jogadores, que foram gravadas para que os participantes pudessem receber dicas dos melhores instrutores de arbitragem da Fifa.

O último passo antes do primeiro jogo incluiu uma sessão de treino ao vivo com jogadores, várias câmeras de televisão e o sistema de vídeo no Estádio de Yokohama. Tudo se baseia nos testes realizados recentemente em amistosos internacionais na Itália, quando o árbitro pôde revisar as imagens de um monitor no campo para determinadas decisões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo