Esporte

Huertas lamenta atuação dos Lakers contra Houston no retorno ao time titular

08/12/2016 12h24

Houston (EUA), 8 dez (EFE).- O armador brasileiro Marcelinho Huertas voltou a ser titular no Los Angeles Lakers, com as ausências de D'Angelo Russell e José Manuel Calderón, mas admitiu que a equipe não teve boa atuação na derrota desta quarta-feira para o Houston Rockets por 134 a 95.

"Joguei mais minutos, mas no final o que conta é a vitória e acho que fizemos uma partida muito ruim. Faltou atenção, porque nem sequer na defesa de cinco contra cinco fomos bem", avaliou Huertas à Agência Eefe logo depois do duelo no Toyota Center.

O brasileiro, de 33 anos, jogou 31 minutos e marcou 10 pontos, dando sete assistências, roubando cinco bolas e cometendo seis erros. Na avaliação do armador, os Lakers se perderam no últimp quarto do jogo.

"O que nos matou foram as cestas fáceis em transição que conseguiram e os pontos que marcaram em bolas perdidas nossas, e isso no final faz diferença diante de uma equipe que tem um grande potencial ofensivo como Houston", disse Huertas.

O jogador brasileiro, está em seu segundo ano na NBA pelos Lakers. Embora tenha sido titular ontem algo incomum na temporada, ele disse sentir que ainda busca seu espaço na equipe.

"Estou tentando, jogando em diferentes momentos, com papéis diferentes e aproveitando ao máximo os minutos em quadra para que possa entrar em rotação e encontrar meu lugar", afirmou à Efe.

Huertas destacou que os Lakers, que fazem campanha com 10 vitórias e 14 derrotas, estão no caminho certo para o futuro, mas que precisam contar com os veteranos do elenco, para conseguir lutar por vaga nos playoffs nesta temporada.

"O time tem potencial, o que falta é encontrar uma regularidade. É uma equipe capaz de vencer os grandes, como já demonstramos. Ganhamos de Golden State e Chicago fora de casa, duas vezes do Atlanta, o próprio Houston na estreia, mas em outras noites não entramos bem. Às vezes parece que dependemos de uma motivação extra", admitiu Huertas.

O brasileiro ainda aproveitou para elogiar Luke Walton, jovem técnico dos Lakers. Segundo o armador, o comandante tem tudo para ter uma grande carreira na NBA.

"É um treinador muito inteligente, foi jogador e tem uma relação muito boa com o elenco. Sabe dirigir, comandar o vestiário, tem o respeito de todos, é um desses treinadores que tem algo diferente, não só no tratamento com o jogador, mas também quando está no banco", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo