Esporte

Jogador boliviano que teve complicações em cirurgia é declarado morto

11/12/2016 15h53

La Paz, 11 dez (EFE).- O zagueiro boliviano Paúl Burton, que no último dia 22 passou por uma cirurgia para corrigir uma hérnia de disco, foi declarado morto neste domingo, cinco dias depois de ter tido morte cerebral, segundo informações divulgadas pelo Oriente Petrolero, último clube do jogador.

"Hoje perdemos um companheiro na terra, mas ganhamos um anjo no céu que já joga pela equipe de Deus", disse o Oriente Petrolero em comunicado emitido no Facebook.

O jogador de 24 anos foi operado em um centro particular da região de Santa Cruz de la Sierra, mas houve complicações devido a lesões em uma artéria do coração. Com isso, desde o procedimento, o atleta não recuperou a consciência.

Burton teve morte cerebral declarada na terça-feira, o que levou o advogado contratado por sua família, Robin Justiniano, a anunciar que processaria a clínica por negligência médica.

A Liga do Futebol Profissional da Bolívia lamentou a morte do defensor e expressou solidariedade com a família e o clube pelo "triste momento" que atravessam. A instituição decretou 15 dias de luto, incluindo o respeito a um minuto de silêncio antes de todas as partidas locais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo