Esporte

Associação de atletas defende exclusão de dopados dos Jogos Olímpicos

12/12/2016 13h43

Redação Central, 12 dez (EFE).- A Associação Mundial de Atletas Olímpicos (WOA), que reúne 120 mil participantes e ex-participantes de Jogos Olímpicos, defendeu nesta segunda-feira que os culpados de doping não voltem a participar de outra edição do evento, mesmo que já tenham cumprido a suspensão determinada.

Em comunicado divulgado três dias depois do segundo relatório McLaren, realizado a pedido da Agência Mundial Antidoping (Wada), a WOA também se disse partidária do banimento para aqueles que organizem esquema de doping.

Além disso, a entidade que reúne atletas e ex-atletas olímpicos defendeu que as análises e as punições para quem usar substâncias ilícitas em competições sejam independentes dos órgãos esportivos e governamentais.

Os atletas também pedem um "aumento radical" dos recursos para lutar contra o doping e que os "atletas limpos" que pertencem a países que participam dos sistemas de doping não sejam punidos.

A WOA é presidida pelo ex-decatleta francês Joël Bouzou, que participou de quatro edições dos Jogos Olímpicos entre 1980 e 1992. EFE

nam/lvl

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo