Esporte

Justiça condena Barça a pagar 5,5 milhões de euros após acordo no caso Neymar

14/12/2016 12h39

Barcelona (Espanha), 14 nov (EFE).- A Audiência de Barcelona, na Espanha, condenou o Barcelona a pagar duas multas que atingem total de 5,5 milhões de euros (R$ 19,5 milhões), pela contratação de Neymar, em virtude de acordo que o clube fez com o Ministério Público.

O anúncio da sentença foi feita em rápida audiência, em que o chefe do departamento jurídico 'blaugrana', Ramón Gómez Pontí, e o advogado Cristóbal Martell confirmaram o pacto firmado anteriormente, que permitiu que o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, e seu antecessor, Sandro Rosell, foram inocentados de qualquer crime.

A multa de 5,5 milhões de euros é relacionada a dois delitos contra a Fazenda Pública da Espanha, nos exercícios de 2011 e 2013, referentes a contratação de Neymar junto ao Santos.

Anteriormente, o Barcelona já havia pago à Agência Tributária do país o montante de 13 milhões de euros (R$ 46,1 milhões), como reparação de dano, referente as fraudes cometidas na transferência. Além disso, o clube se comprometeu a estabelecer medidas para prevenir casos semelhantes no futuro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo