Topo

Esporte

Zidane lamenta atuação do árbitro no 2º gol do Real: "Um pouco confuso"

15/12/2016 13h12

Yokohama (Japão), 15 dez (EFE).- O francês Zinedine Zidane, técnico do Real Madrid, lamentou nesta quinta-feira a atuação do árbitro paraguaio Enrique Cáceres e da equipe de análise de vídeo, no lance do segundo gol da equipe na vitória sobre o América, do México, por 2 a 0, pelas semifinais do Campeonato Mundial de Clubes.

"Temos que nos adaptar ao que a Fifa pretende. Eu tenho minha opinião: acho que nesta jogada concreta, foi um pouco confuso", disse o comandante do campeão europeu, em entrevista concedida no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão.

Hoje, nos instantes finais da partida, mais uma vez o recurso de vídeo entrou em cena de maneira polêmica, quando o atacante português Cristiano Ronaldo balançou as redes aos 48 do segundo tempo. O árbitro paraguaio Enrique Cáceres recebeu informação dos árbitros assistentes, checou as imagens e fez sinalização confusa, primeiro confirmando, depois colocando em dúvida a marcação do gol.

Todos os jogadores mostraram que não entenderam o que acontecia, enquanto o juiz do confronto caminhou em direção ao grande círculo e colocou a bola no centro do campo, gesto que deixou claro que o primeiro gol do Bola de Ouro de 2016, para a revista 'France Football', na história dos Mundiais de Clubes.

"Talvez as coisas tenham que ser mais claras", disse Zidane.

O treinador francês ainda admitiu que o Real Madrid teve mais dificuldades do que o esperado na vitória sobre o América, que colocou a equipe na decisão, que será disputada no domingo, contra o Kashima Antlers, do Japão.

"É possível que o fuso horário tenha dificultado a entrarmos no jogo, mas estamos preparados, sobretudo quanto a motivação, porque é um troféu importante para nós", garantiu o comandante do clube 'blanco.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte