Esporte

Juízes negam recurso de Benzema e mantêm caso sobre chantagem a Valbuena

16/12/2016 08h20

Paris, 16 dez (EFE).- O Tribunal de Apelação de Versalhes rejeitou nesta sexta-feira o recurso apresentado pelo atacante Karim Benzema e pelos demais acusados de chantagear o meia-atacante Mathieu Valbuena, dando sequência à fase de instrução do processo que pode fazer o artilheiro do Real Madrid sentar no banco dos réus em 2017.

Um porta-voz da promotoria indicou à Agência Efe que os juízes se negaram a anular o caso, como pediam os advogados dos acusados, que consideram que houve irregularidades na investigação. Em particular, eles questionam o uso de um policial infiltrado para descobrir os autores da chantagem a Valbuena, então companheiro de Benzema na seleção da França.

"A fase de instrução vai continuar por vários meses. No final, o juiz decidirá se há elementos para um julgamento que, se ocorrer, ficaria para 2017", completou o porta-voz.

O Tribunal de Apelação também aceitou o recurso do Ministério Público para que o juiz de instrução examine mais uma vez a possibilidade de processar o ex-jogador Djibril Cissé, algo que tinha sido descartado inicialmente. Agora será outro magistrado que determinará se Cissé também fez parte do crime.

Benzema é acusado de ser cúmplice dos autores do crime. Eles ameaçaram divulgar um vídeo com conteúdo sexual no qual Valbuena aparece caso o jogador do Lyon não pagasse uma grande quantia de dinheiro.

Após Valbuena denunciar os fatos, a polícia infiltrou um agente na negociação para descobrir quem eram os chantagistas. Isso permitiu identificar Mustapha Zouaoui e Axel Angot.

Diante das dificuldades para obter o dinheiro, esses dois homens recorreram, segundo a acusação, a Karim Zenati, um amigo de infância de Benzema, e pediram que ele intercedesse através do jogador do Real Madrid. O atacante então falou com Valbuena durante uma concentração da seleção francesa em Paris, em 5 de outubro de 2015.

De acordo com os promotores, Benzema tentou persuadir o companheiro de seleção a pagar os chantagistas, algo negado pelo atacante, que afirma que o único objetivo era ajudar Valbuena.

No recurso, os advogados dos acusados afirmam que o caso está "viciado" pela intervenção de um policial infiltrado com falsa identidade, que os incitou a cometer os crimes.

Depois da polêmica, Benzema está excluído da seleção da França desde dezembro do ano passado e acabou perdendo a disputa da Eurocopa. Apesar da Federação Francesa de Futebol ter dito em outubro deste ano que não havia impedimento para que ele voltasse à equipe, até agora o atacante não foi convocado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo