Topo

Esporte

Clubes argentinos denunciam situação "dramática" por falta de pagamento

20/12/2016 21h50

Buenos Aires, 20 dez (EFE).- Os clubes da primeira divisão do Campeonato Argentino revelaram nesta terça-feira que atravessam uma situação "dramática" e que estão em "alerta permanente" pelo suposto descumprimento no pagamento da cota de televisão pela Associação do Futebol Argentino (AFA).

"Queremos expressar que a situação financeira que atravessamos como resultado da falta de pagamento dos direitos de televisão se tornou dramática. O dinheiro dos direitos audiovisuais representa para a maioria o principal sustento econômico", informaram os clubes através de um comunicado conjunto.

A argumentação dos clubes é que a AFA não realizou "pagamento algum" em maio, junho e julho, e que só fez "pagamentos parciais ou mínimos" em outubro e novembro.

Também reivindicam que até o momento não foi depositado o dinheiro correspondente a dezembro e que isso "deixa as instituições à beira da cessação de pagamentos".

"Deste modo, serão afetados dezenas de milhares de trabalhadores argentinos que se sustentam direta ou indiretamente da indústria do futebol", afirmam.

Os clubes disseram que a Comissão Normalizadora da AFA, criada a em julho pela Fifa e pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), está ciente da "preocupação maiúscula".

"Estamos em estado de alerta permanente, com a absoluta incerteza sobre como poderemos seguir adiante com nossos clubes no futuro imediato", acrescenta o comunicado.

O Campeonato Argentino deve ser retomado no dia 3 de fevereiro e ainda não foi definida a empresa que ficará com os direitos de transmissão pela televisão, após o governo ter anunciado o fim do programa Futebol para Todos, através do qual os jogos eram transmitidos gratuitamente até a segunda-feira.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte