Esporte

Barcelona e Sevilla aplicam goleadas sobre rivais frágeis na Copa do Rei

21/12/2016 22h01

Madri, 21 dez (EFE).- Barcelona e Sevilla não tiveram pena de seus frágeis adversários na Copa do Rei nesta quarta-feira e aplicaram goleadas históricas para avançar às oitavas de final, enquanto o Valencia teve dificuldades para bater o Leganés e confirmar vaga na próxima fase do torneio.

Sem contar com trio formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar, o Barcelona, também com reservas nas demais posições, venceu o Hércules, da terceira divisão do país, por 7 a 0. Os gols da partida foram Lucas Digne, Ivan Rakitin, Rafinha, Arda Turan, que balançou as redes três vezes, e Paco Alcácer.

Já o Sevilla passou pelo Formentera, também da terceira divisão, por 9 a 1. O meia Paulo Henrique Ganso marcou seu primeiro gol com a camisa da equipe espanhola, contribuindo para a goleada histórica. Também anotaram na partida Luciano Vietto, três vezes, Wissam Ben Yedder, também três vezes, e Pablo Sarabia, em duas oportunidades. Gabri descontou para os visitantes.

Quem sofreu um pouco mais para confirmar presença nas oitavas de final foi o Valencia. Jogando no Estádio Mestalla, os comandados de Cesare Prandelli, que patinam no Campeonato Espanhol, venceram o Leganés, também da elite do futebol do país, por 2 a 1. A vantagem no placar agregado, porém, foi mais ampla: 5 a 2.

Os gols do Valencia foram marcados pelo brasileiro naturalizado espanhol Rodrigo. Darwin Machis diminuiu para o Leganés.

O Deportivo La Coruña conseguiu reverter a vantagem estabelecida pelo Bétis na partida de ida, após vitória por 1 a 0, e bateu o adversário em casa por 3 a 1, avançando às oitavas de final. Alejandro Arribas, Luisinho e Ryan Babel marcaram para os anfitriões, com Cristiano Piccini descontando para os visitantes.

Pelo mesmo placar, o Eibar passou pelo Sporting Gijón e confirmou presença na próxima fase da Copa do Rei. Kike abriu o placar para os donos da casa no primeiro minuto de jogo. Adrian González e o próprio Kike ampliaram antes do intervalo. Já perto do fim, aos 44 minutos da etapa final, Rubén Sánchez Pérez-Cejuela descontou.

O Osasuna também precisou reverter a vantagem estabelecida pelo Granada, que venceu o jogo de ida por 1 a 0, para se confirmar nas oitavas de final do torneio. Jogando no Estádio Reyno de Navarra, os donos da casa bateram o adversário por 2 a 0, com gols de Alex Berenguer e Jaime Romero Gómez. EFE

jjl/lvl

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo