Esporte

CAS anuncia suspensão de 2 anos para meio-fundista e de 10 anos para técnico

23/12/2016 17h03

Redação Central, 23 dez (EFE).- A Corte Arbitral do Esporte (CAS) informou nesta sexta-feira que definiu uma suspensão de dois anos para a meio-fundista russa Anastasiya Bazdyreva e de dez anos para o técnico Vladimir Mokhnev, de mesma nacionalidade, ambos por violarem o regulamento antidoping.

A CAS publicou a decisão baseada em denúncias feitas pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF), que lhe remeteu os relatórios.

Bazdyreva foi punida "por uso ou tentativa de uso de substâncias ou métodos proibidos", segundo a corte. Por isso, terá de cumprir dois anos de suspensão contando a partir de 24 de agosto de 2015, o que a permitirá competir a partir de 25 de agosto de 2017.

Além disso, o CAS anulou todos os resultados obtidos pela russa entre 23 de abril de 2014 e 24 de agosto de 2015, além de retirar todos os prêmios, medalhas e pagamentos em dinheiro recebidos nesse período.

Quanto a Mokhnev, treinador das também meio-fundistas Yekaterina Kupina e Yuliya Stepanova, foi declarado culpado por "posse, tráfico e administração de substâncias e métodos proibidos", o que o deixará suspenso até 23 de dezembro de 2026.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo