Esporte

Novo técnico da Universidad do Chile desabafa após deixar seleção da Bolívia

29/12/2016 18h37

Santiago do Chile, 29 dez (EFE).- O argentino Ángel Guillermo Hoyos foi apresentado como novo técnico da Universidad do Chile nesta quinta-feira e desabafou contra as críticas que recebeu pela saída da seleção boliviana, anunciada há uma semana.

"Quando eu decidi me transferir para 'La U', comuniquei a todas as pessoas a quem eu deveria fazer. A palavra traição não existe no meu dicionário. Não traí ninguém", garantiu o comandante, já comandou time de base do Barcelona, da Espanha, Bolívar, Once Caldas, entre outros.

Hoyos definiu como "uma benção" chegar ao novo clube, onde garantiu que terá totais condições de trabalhar. O treinador, no entanto, evitou dar detalhes sobre a saída da seleção boliviana e o período que passou na função.

"Sou agradecido pelo que vivi no país, mas, quando saio, tenho códigos. O tempo dirá quem tem razão", disse o argentino

A Universidad do Chile foi mal em 2016, ficando em décimo no Torneio Clausura, disputado no primeiro semestre, e em sétimo no Apertura, na metade final do ano. O último dos resultados, no entanto, rendeu classificação para a próxima edição da Copa Sul-Americana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo