Esporte

Ministro pede que bolivianos não participem de protesto contra o Rali Dacar

04/01/2017 15h26

La Paz, 4 jan (EFE).- O ministro de Cultura e Turismo da Bolívia, Marko Machicao, pediu nesta quarta-feira que a população no país não adira ao movimento que surgiu nas últimas horas, com apoio da oposição ao governo, de bloqueio da passagem dos compatidores do Rali Dacar.

"Movimentos de pessoas que estão contra La Paz, motivados por interesses políticos, através das redes sociais, incendiaram nossa população e estão buscando protagonismo divulgando mentiras", disse o titular da pasta, em entrevista coletiva.

O protesto que vem sendo convocado visa questionar o desperdício de água que seria provocado pela realização da prova. Segundo Machicao, a ação é obra de pessoas que "foram candidatos" pela oposição ao governo do presidente Evo Morales.

No Twitter, moradores da região sul de La Paz, que atravessa racionamento de água há dois meses, lançaram a hashtag #AguaSíDakarNo (Água Sim, Dacar Não), convocando para uma manifestação no dia 7 de janeiro, dia que os competidores chegarão à capital da Bolívia, na sexta etapa da prova.

O ministro de Cultura e Turismo do país garantiu que a água consumida durante o rali não local e que seis cisternas, de 36 mil litros de água cada uma, serão trazidas pela organização.

Machicao lembrou ainda que o Dacar ajudou que 100% dos hotéis da capitais fossem ocupados e ainda gerou US$ 15 milhões (R$ 48 milhões), apenas para a rede hoteleira local. Ao todo, o movimento econômico previsto para esta edição é de US$ 164 milhões (R$ 530 milhões).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo