Esporte

Técnico de atletismo é condenado a pagar multa a Ibrahimovic por difamação

09/01/2017 17h23

Copenhague, 9 jan (EFE).- O tribunal de Värmland, na Suécia, condenou nesta segunda-feira o ex-capitão das seleções suecas de atletismo e de esqui Ulf Karlsson a pagar 2.500 euros em multa por calúnia grave, por ter insinuado que o atacante Zlatan Ibrahimovic se dopou quando estava na Juventus (2004-2006).

"Zlatan ganhou dez quilos de massa muscular em sua passagem pela Juventus. Foi muito rápido, em um ano", disse Karlsson.

O tribunal considera que, embora o ex-capitão não tenha afirmado diretamente que Ibra tenha se dopado, o contexto faz com que as declarações não possam ser interpretadas de outra forma senão uma manifestação de que o atacante usou substâncias ilegais quando estava na Juventus.

O objetivo das afirmações foi, além disso, causar "prejuízo grave" ao jogador, ainda de acordo com o tribunal.

As palavras de Karlsson tiveram grande repercussão na Suécia, e o ex-atleta posteriormente alegou que não pretendia acusar Ibrahimovic, a quem inocentou de ter se dopado conscientemente.

O treinador chegou a publicar uma carta aberta pedindo desculpas ao jogador, que mesmo assim entrou na justiça poucos dias depois. EFE

alc/cs/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo