Esporte

Prefeitura de distrito de Londres autoriza projeto do novo Stamford Bridge

12/01/2017 16h13

Londres, 12 jan (EFE).- A prefeitura do distrito de Hammersmith & Fulham, em Londres, autorizou nesta quinta-feira o projeto de remodelação do estádio Stamford Bridge, do Chelsea, que passará a ter capacidade para mais de 60 mil pessoas.

O clube 'blue' irá desembolsar mais de 500 milhões de libras (R$ 1,94 bilhão), entre demolir e construir suas novas instalações.

"Isto não significa que se possa começar a trabalhar agora. É um passo muito importante, que é preciso antes de iniciar a obra, mas ainda nos faltam outras autorizações", divulgou o Chelsea, por meio de comunicado.

Inaugurado em abril de 1877, o Stamford Bridge já foi remodelado duas vezes, primeiro durante a temporada 1904/1905 e depois durante os anos 90. Atualmente, o estádio pode receber pouco mais de 41.600 pessoas.

O projeto de reforma foi apresentado em 1º de dezembro de 2015. A autorização da prefeitura de Hammersmith & Fulham aponta que a demolição total da construção, para que as obras durante três anos, pelo menos.

O design da nova casa do Chelsea está a cargo do escritório suíço de arquitetura Herzog & De Meuron, que também projetou o Estádio Nacional de Pequim, a Allinz Arena, em Munique, e fez a remodação do St. Jakob Park, na Basileia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo