Esporte

Eleição para definir sucessor de irlandês preso no Brasil terá 3 candidatos

17/01/2017 16h13

Redação Central, 17 jan (EFE).- A eleição para a presidência do Comitê Olímpico Irlandês, vaga desde a saída de Patrick Hickey, que foi detido no Brasil por venda ilegal de ingresos dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, terá três candidatos.

O dirigente, que também era membro do COI, foi detido em agosto, acusado de participação em um esquema de cambismo. Logo depois, ele renunciou de forma provisória a todos os cargos esportivos que desempenhava ate então.

Hickey, que depois de preso foi posto em liberdade condicional, aguardando julgamento. Por motivos de saúde, o ex-presidente do Comitê Olímpico Irlandês recebeu permissão para voltar ao país de origem, após pagar fiança de R$ 1,5 milhão.

Os candidatos a suceder o dirigente são William O'Brien, da federação de tiro com arco e que é o presidente interino da entidade, Sarah Keane, diretora-executiva da federação de natação, além de Bernard O'Byrne, diretor-executivo da federação de basquete. EFE

nam/bg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo