Esporte

Maradona diz que Napoli o convidou para jogo contra o Real Madrid

Maurizio degl'Innocenti/ANSA
Maradona participou de cerimônia de entrada no Hall da Fama do futebol italiano, ao lado de Giuseppe Bergomi, Paolo Rossi, Paulo Roberto Falcão e Claudio Ranieri Imagem: Maurizio degl'Innocenti/ANSA

Da EFE, em Roma

17/01/2017 14h58

Diego Armando Maradona revelou nesta terça-feira que o Napoli o convidou para assistir o jogo contra o Real Madrid no Estádio San Paolo, no dia 7 de março, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"Ontem me encontrei com o presidente (Aurelio) De Laurentiis e falamos de muitas coisas. Ele me convidou para o jogo contra o Real Madrid", disse o ídolo argentino.

O Napoli se classificou para as oitavas da Liga dos Campeões com o primeiro lugar do Grupo B, mas não teve sorte na definição dos confrontos e terá pela frente o atual campeão. A partida de ida, na Espanha, está marcada para o dia 15 de fevereiro.

Maradona recebeu nesta terça-feira um prêmio especial por ter entrado no Hall da Fama do futebol italiano junto com outras lendas, entre elas Paulo Roberto Falcão. A honraria foi entregue no Palazzo Vecchio, na cidade de Florença.

"Continuarei conversando com o presidente, e veremos o que podemos fazer pelo Napoli na Itália e no mundo", acrescentou 'El Pibe'.

Sobre o futebol atual, o ex-jogador falou sobre alguns compatriotas, entre eles os atacantes Lionel Messi, Paulo Dybala e Gonzalo Higuaín e considerou que o último está abaixo dos outros dois.

"São três ótimos jogadores, mas são totalmente diferentes. Acho que Messi é o melhor dos três, ninguém se movimenta com a bola como ele. Paulo crescerá, e Higuaín continuará marcando gols, mas não está ao nível dos outros dois", opinou. "(Higuaín) não sabe ter muito bem a bola. Digo o que vejo", completou.

Junto a Maradona e Falcão, também foram premiados no evento o ex-zagueiro Giuseppe Bergomi, o técnico Claudio Ranieri, o ex-atacante Paolo Rossi, a jogadora Melania Gabbiadini e o presidente do Milan, Silvio Berlusconi.

"Estar aqui hoje entre tantos campeões do passado me faz me sentir em casa, dentro do futebol. Há pessoas que fizeram seus torcedores felizes por como jogavam futebol, e isso me alegra", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo