Esporte

Barcelona e Sevilla vencem e seguem na cola do Real Madrid no Espanhol

22/01/2017 20h04

Madri, 22 jan (EFE).- O Barcelona goleou neste domingo o Eibar por 4 a 0, fora de casa, em dia de gols de todo o "trio MSN", mas também de notícia ruim com a lesão do volante Sergio Busquets, e em que o Sevilla passou pelo lanterna Osasuna e se manteve na vice-liderança do Campeonato Espanhol.

O time catalão e os três principais astros engrenaram na partida apenas no segundo tempo, já que, na etapa inicial apenas um gol foi marcado, aos 32 minutos do primeiro tempo, com o atacante Denis Suárez.

Depois do intervalo, o argentino Lionel Messi balançou as redes aos 5, o uruguaio Luis Suárez ampliou aos 23, e o brasileiro Neymar fechou a conta aos 45.

A nota negativa para o Barça foi a lesão de Busquets, que deixou o gramado ainda aos 10 minutos do primeiro tempo. Ainda durante o encontro, foi divulgado que o volante sofreu uma "entorse no ligamento lateral externo do tornozelo direito".

O espanhol passará por exames amanhã, que deverão apontar o período de afastamento dos gramados para reabilitação.

Com a vitória, os comandados por Luis Enrique agora estão com 41 pontos, dois atrás do Real Madrid, que ontem passou pelo Málaga por 2 a 1 e manteve a liderança.

Entre os arquirrivais da Espanha aparece o Sevilla, que mais cedo sofreu, mas bateu o Osasuna por 4 a 3, em Pamplona. O time da Andaluzia alcançoua quinta vitória consecutiva pela competição, a sétima em oito partidas.

Os donos da casa começaram bem e abriram o placar aos 15 minutos de bola rolando, com gol do atacante León. Ainda antes do intervalo, aos 43, o meia Vicente Iborra empatou, mas o próprio volante foi de herói a vilão ao marcar contra o segundo dos anfitriões, aos 18 minutos da etapa final.

O duelo então esquentou, e o Sevilla voltou a empatar pouco em seguida, aos 20, com o nome da partida: Iborra. O atacante argentino Franco Vázquez virou o jogo, aos 35, e nos acréscimos, aos 47, o meia Pedro Sarabia assinalou o quarto. Ainda houve tempo para o atacante Kenan Kodro descontar, aos 48, mas a reação parou por aí.

Já no País Basco, uma finalização absolutamente precisa do atacante francês Antoine Griezmann evitou que o Atlético de Madrid fosse derrotado para o Athletic Bilbao, em jogo que terminou empatado em 2 a 2.

Os 'Colchoneros' chegaram a abrir o placar logo aos 3 minutos do primeiro tempo, graças ao meia Koke. Os anfitriões conseguiram deixar tudo igual aos 42, e viraram aos 10 da etapa final, graças ao polivalente Óscar de Marcos.

O time comandado pelo argentino Diego Simeone só conseguiu empatar novamente aos 35 minutos do segundo tempo, quando Griezmann recebeu na entrada da área, encarou a marcação e bateu rasteiro no cando direito da meta defendido pelo goleiro Gorka Iraizoz.

Com o resultado, a equipe madrilenha chegou aos 35 pontos, se mantendo na quarta colocação, ou seja, dentro da zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa. O Athletic, por sua vez, alcançou a marca de 29 pontos.

A Real Sociedad também chegou aos 35 pontos ao superar, em casa, o Celta de Vigo por 1 a 0. O atacante Juanmi foi responsável por definir o marcador, balançando as redes aos 27 minutos do segundo tempo.

Além disso, jogando em seus domínios, o Betis não conseguiu sair do empate sem gols com o Sporting de Gijón, antepenúltimo colocado do campeonato.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo