Esporte

Rafael Nadal e Serena Williams confirmam reabilitação e avançam às semifinais

25/01/2017 10h42

Melbourne (Austrália), 25 jan (EFE).- O espanhol Rafael Nadal e a americana Serena Williams foram os grandes destaques desta quarta-feira no Aberto da Austrália, vencendo jogos que disputaram pelas quartas de final, confirmando a plena recuperação física depois de lesões que os assombraram em 2016.

Nono cabeça de chave, o ex-número 1 do mundo superou a contusão no punho esquerdo e vem fazendo grande campanha em Melbourne. A última vítima foi o canadense Milos Raonic, terceiro no ranking da ATP, derrotado por 3 sets a 0, com parciais de 6-4, 7-6 (7) e 6-4, em batalha de duas horas e 44 minutos de duração.

Campeão em 2009 do Aberto da Austrália, Nadal chegou a 50 vitórias no torneio durante a carreira. Além disso, ele encerra jejum iniciado em 2014, depois da disputa de Roland Garros, quando foi pela última vez às semifinais de um Grand Slam - na ocasião, acabou campeão no saibro parisiense.

Na tentativa de chegar à final, o espanhol enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov, 15º cabeça de chave, que venceu o belga David Goffin, também em partida disputada hoje, por 3 sets a 0, com 6-3, 6-2 e 6-4, em duas horas e 13 minutos.

Em oito duelos que os dois semifinalistas já fizeram, Nadal leva ampla vantagem, com sete vitórias. O êxito mais recente do tenista do Leste Europeu, no entanto, aconteceu no confronto mais recente ATP 500 de Pequim, na China, nas quartas de final, que foi fechada em sets diretos, com 6-2 e 6-4.

A outra semifinal da chave de simples masculina envolverá dois jogadores da Suíça, Roger Federer e Stan Wawrinka, que quarto cabeça de chave.

Entre as mulheres, Serena Williams se tornou a terceira representante dos Estados Unidos no 'top-4', se juntando a irmã Serena e a Coco Vandeweghe, que avançaram com vitórias em partidas disputadas ontem.

Hoje, a atual número 2 do mundo, que se recuperou de lesão no ombro recentemente, despachou a britânica Johanna Konta, nona favorita na disputa, por 2 sets a 0, com 6-2 e 6-3, após uma hora e 15 minutos de confronto.

Serena, agora, está a duas vitórias de voltar a assumir a liderança do ranking mundial. A americana precisa do título para superar a alemã Angelique Kerber, que acabou eliminada nas oitavas de final, na ponta da classificação da WTA.

A outra semifinalista será a surpreendente croata Mirjana Lucic-Baroni, que eliminou a Karolina Pliskova, quinta cabeça de chave, vencendo jogo por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 3-6 e 6-4, e garantiu retorno ao 'top-4' de um Grand Slam após 18 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo