Esporte

Atlético Paranaense recebe Millonarios pela 2ª fase da Libertadores

31/01/2017 15h50

Curitiba, 31 jan (EFE).- O Atlético Paranaense estreará na Taça Libertadores nesta quarta-feira, recebendo o Millonarios, da Colômbia, pela segunda fase eliminatória, no que pode ser o primeiro de quatro passos rumo ao grupo 1, que tem Flamengo, San Lorenzo, da Argentina, e Universidad Católica, do Chile.

A partida que acontecerá na Arena da Baixada, programada para começar às 21h45 (horário de Brasília), marca o início da quinta participação do Furacão no torneio continental, em que foi vice-campeão em 2005, derrotado pelo São Paulo na decisão.

Esta é a segunda edição que a equipe terá que buscar uma vaga nas fases preliminares. Há dois anos, o Atlético passou pelo Sporting Cristal, nos pênaltis, e avançou, caindo em seguida nos grupos. Curiosamente, em 2015, o outro brasileiro que participou da "pré-Libertadores" foi o Botafogo, assim como neste ano.

Neste ano, o Furacão não ficará só neste confronto, já que, se avançar, pegará o vencedor do duelo entre Deportivo Capiatá, do Paraguai, e Universitario, do Peru. Se superar os confrontos, aí sim, estará carimbada a classificação para a fase de grupos, fazendo companhia ao Flamengo.

Para a competição, o Atlético anunciou contratação de vários jogadores experientes, com destaque para Grafite, vice-artilheiro do último Brasileirão, defendendo o Santa Cruz. Além disso, chegaram o lateral-direito Jonathan, ex-Fluminense, e o meia Carlos Alberto, ex-Figueirense.

Entre os mais jovens, a principal atração é o meia Felipe Gedoz, que nasceu no Brasil, mas brilhou no Uruguai, atuando no Defensor. O jogador estava atuando no Club Brugge, da Bélgica, e deve ser o principal armador no 11 inicial escalado por Paulo Autuori.

O desfalque mais sentido no jogo deverá ser o do meia Nikão, que foi expulso em jogo com o Sportivo Luqueño, pela Copa Sul-Americana em 2015, o que o obriga a cumprir suspensão. Além disso, o zagueiro Thiago Heleno aguarda liberação da Fifa para poder atuar, após renovar contrato.

O Millonarios, por sua vez, volta a disputar Libertadores após quatro anos. Em 2013, a equipe acabou eliminada na fase de grupos, em chave que também tinha o Corinthians. As melhores campanhas aconteceram nos primeiros anos do torneio, com ida à fase semifinal em 1960, 1973 e 1974.

Para o jogo na Arena da Baixada, o técnico argentino Miguel Ángel Russo não poderá contar com o meia venezuelano Jacobo Koufatty, que está lesionado, e o meia Alexis Zapata, recém-contratado por empréstimo junto ao Perugia, da Itália, que está readquirindo forma física.

O confronto de volta entre Atlético e Millonarios acontecerá em 8 de fevereiro, no estádio El Campín, em Bogotá.



Prováveis escalações:.

Atlético Paranaense: Weverton; Jonathan (Léo), Paulo André, Thiago Heleno (Wanderson) e Nicolas (Sidcley); Otávio e Lucho González; Felipe Gedoz, Pablo e Crysan; Grafite. Técnico: Paulo Autuori.

Millonarios: Vikonis; Palacios, Franco, Cadavid e Machado; Domínguez, Hainaut, Duque e Quiñones; Arango e Del Valle. Técnico: Miguel Ángel Russo.

Árbitro: Germán Delfino (Argentina), auxiliado pelos compatriotas compatriotas Gustavo Rossi e Lucas Germanotta.

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo