Esporte

Com caminho difícil, Botafogo estreia na Libertadores contra o Colo-Colo

31/01/2017 15h02

Rio de Janeiro, 31 jan (EFE).- Em duelo de equipes tradicionais da América do Sul, válido pela segunda de três fases preliminares, o Botafogo estreará na Taça Libertadores nesta quarta-feira contra o Colo-Colo, campeão do torneio em 1991, no estádio Nilton Santos.

Depois de ter protagonizado grande arrancada no último Campeonato Brasileiro, em que chegou a brigar contra o rebaixamento e terminou na quinta colocação, o Glorioso volta ao torneio continental após três anos.

A última participação não foi das melhores. O time carioca, na época comandado por Eduardo Hungaro, foi lanterna num grupo que tinha Unión Española, Independiente del Valle e San Lorenzo, que viria a ser campeão.

Daquele elenco, apenas dois jogadores continuam no Botafogo, os goleiros Jefferson e Helton Leite. No entanto, o primeiro ainda se recupera de lesão, enquanto o segundo é atualmente reserva de Gatito Fernández.

O grande nome do elenco alvinegro é o meia Montillo, que fez sucesso no Cruzeiro e chega após ter defendido o Shandong Luneng por quase três anos. O argentino é conhecido no adversário também, já que teve boa passagem por um dos maiores rivais do 'Cacique', o Universidad do Chile.

No entanto, o maior nome do Botafogo no ano passado não entrou em campo. Trata-se do técnico Jair Ventura, filho de Jairzinho, o 'Furacão da Copa de 1970', que assumiu o time à beira da zona de descenso, emplacou uma sequência de bons resultados e ajudar a equipe retornar à principal competição continental da América do Sul.

O campeão brasileiro de 1995 chega para a disputa da Libertadores depois de um começo ruim no Campeonato Carioca. Em dois jogos, a equipe somou apenas um ponto, com uma derrota para o Madureira e um empate em casa diante do Nova Iguaçu.

Ventura surpreendeu na relação de inscritos para essa fase inicial. Os zagueiros Joel Carli, machucado, e Emerson Santos, em litígio devido a problemas na renovação de contrato, além do atacante Sassá, punido por indisciplina, já eram ausências confirmadas. Juntaram-se a eles o também defensor Renan Fonseca, os volantes Rodrigo Lindoso e Dudu Cearense e o meia Leandrinho.

Os três estrangeiros contratados pelo Botafogo para este ano, o goleiro Gatito Fernández, Montillo e o atacante camaronês Joel deverão começar jogando.

"Eles (o Colo-Colo) estão na metade de seu campeonato. Têm a parte física a favor, mas temos nosso poder técnico e nossa confiança em fazer um grande jogo. Nosso observador técnico foi lá durante uma semana, assistiu a dois jogos. A equipe deles é boa, muda de sistema durante a partida", destacou o treinador alvinegro.

O Colo-Colo, por sua vez, volta à Libertadores após a decepcionante eliminação na fase de grupos do ano passado, na qual não pôde passar de um empate sem gols com o Independiente del Valle em casa pela última rodada.

"Do Botafogo, tudo preocupa. A forma de jogar, a qualidade dos jogadores, e a partir daí veremos o que conseguimos fazer", declarou o treinador do 'Cacique', Pablo Guede.

"É uma partida de Taça Libertadores, onde não se pode deixar nada livre ou ao acaso", completou o argentino, que ressaltou que o mais importante será marcar um gol fora de casa.

Os nomes mais conhecidos da equipe chilena são o goleiro paraguaio Justo Villar, titular da seleção paraguaia, e o meia Mark González, que vem de passagem apagada pelo Sport, mas já brilhou por Liverpool, Betis e CSKA Moscou e pela seleção chilena.

As duas equipes voltarão a se enfrentar na quarta-feira da semana que vem, em Santiago. Quem se classificará jogará contra o Del Valle, atual vice-campeão, ou o Olimpia.



Prováveis escalações:.

Botafogo: Gatito Fernández; Jonas, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luis; Aírton, Bruno Silva, Camilo e Montillo; Rodrigo Pimpão e Joel. Técnico: Jair Ventura.

Colo-Colo: Villar; Zaldivia, Barroso e Baeza; Figueroa, Pavez, Valdés, Fernández e González; Paredes e Rivero. Técnico: Pablo Guede.

Árbitro: Juan Soto (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Luis Murillo e Elbis Gómez.

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo