Esporte

Botafogo vence Colo-Colo no Rio e jogará pelo empate no Chile

01/02/2017 23h58

Rio de Janeiro, 1 fev (EFE).- O Botafogo iniciou a dura caminhada até a fase de grupos da Taça Libertadores nesta quarta-feira com uma vitória sobre o Colo-Colo por 2 a 1 no Estádio Olímpico Nilton Santos, em jogo de ida pela segunda fase preliminar da competição continental.

Sem empolgar tecnicamente, mas bem montado e demonstrando uma raça e disposição, o Alvinegro abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com gols de Airton, que acabou saindo no intervalo devido a uma lesão no braço, e Pavez contra.

Entretanto, o time carioca não conseguiu segurar a vantagem de dois gols e acabou sofrendo um logo no começo da etapa final, marcado por Paredes, grande nome do 'Cacique' na partida.

Com esse resultado, o quinto colocado do último Campeonato Brasileiro irá a Santiago para a volta, marcada para a próxima quarta-feira, com a vantagem do empate. O campeão nacional de 1995 poderá até perder por um gol de diferença, desde que balance a rede ao menos duas vezes.

Quem se classificar jogará contra o Independiente del Valle, atual vice-campeão, ou o Olimpia, que tem três taças da Libertadores em sua galeria. Entre esses quatro, apenas um irá à fase de grupos e terá pela frente uma chave com Atlético Nacional, detentor do título, Estudiantes e Barcelona de Guayaquil.

O técnico Jair Ventura surpreendeu na relação de inscritos para essa fase inicial. Os zagueiros Joel Carli, machucado, e Emerson Santos, em litígio devido a problemas na renovação de contrato, além do atacante Sassá, punido por indisciplina, já eram ausências confirmadas. Juntaram-se a eles o também defensor Renan Fonseca, os volantes Rodrigo Lindoso e Dudu Cearense e o meia Leandrinho.

Com isso, a zaga titular foi formada por Marcelo e Emerson Silva, enquanto a dupla de frente teve as presenças de Rodrigo Pimpão e Roger.

No Colo-Colo, os nomes mais conhecidos foram o goleiro Villar, titular da seleção paraguaia, e os meias Fierro, ex-Flamengo, e Mark González, que vem de passagem apagada pelo Sport, mas já brilhou por Liverpool, Betis e CSKA Moscou e pela seleção chilena. Os dois ficaram no banco, mas entraram no decorrer do confronto.

Mesmo jogando fora de casa, quem começou dando as cartas foi o 'Cacique'. Logo aos três minutos de bola rolando, Figueroa teve espaço na entrada da área e levantou para Paredes, que cabeceou para fora. Quatro minutos depois, o mesmo atacante limpou Marcelo, mas foi bloqueado.

Aos oito, aconteceu a primeira polêmica envolvendo a arbitragem. Pimpão cruzou da direita, e a bola bateu no braço de Zaldivia, mas o venezuelano Juan Soto considerou que não houve pênalti.

Depois da agitação inicial, a partida perdeu um pouco em intensidade, e um novo lance de perigo aconteceu apenas aos 24 minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Camilo levantou e Marcelo tentou cabecear para o meio. A sobra ficou com o próprio defensor, que arrematou para fora.

A resposta da equipe chilena foi dada aos 26, com Rivero, que deixou dois marcadores na saudade de bateu. A bola acertou a marcação e acabou amortecida, o que facilitou para Gatito Fernández segurar. Logo em seguida, aos 27, Montillo recebeu de Camilo, driblou e concluiu sem força, praticamente recuando para Villar.

Jogador do Botafogo desde 2014, entre idas e vindas, Airton enfim marcou o primeiro gol com a camisa alvinegra, em uma das partidas mais importantes desde que chegou ao clube. Aos 29, o volante deixou de lado a fama de "brucutu", matou no peito após a sobra e bateu forte para superar Villar e fazer 1 a 0.

Sem diminuir o ritmo, o Glorioso aumentou a vantagem aos 40 minutos, com gol contra. Montillo tentou o chute cruzado, Rodrigo Pimpão se esticou todo e conseguiu o desvio. A bola bateu em Pavez e entrou.

O resultado era excelente para o time carioca, que, contudo, não o segurou por muito tempo. Na volta dos vestiários, com as entradas de Morales e González, o Colo-Colo pressionou o Botafogo, que perdeu Airton, machucado, e diminuiu logo aos seis minutos. Paredes finalizou e contou com desvio em Emerson Silva para marcar para o time de Santiago.

A partida então voltou a ficar amarrada. O Alvinegro sentiu o baque do gol sofrido, mas o 'Cacique' não foi capaz de se aproveitar do golpe para empatar imediatamente. Aos 18 minutos, Morales arriscou de fora da área, Gatito espalmou, e Rivero ia ficando livre com o rebote, mas foi flagrado impedido. Pouco depois, aos 21, Paredes encheu o pé e errou o alvo por muito.

Autor do gol, o camisa 7 era, de longe, o homem mais perigoso entre os visitantes. Aos 32 minutos, na esticada, Gatito saiu mal e dividiu com o centroavante, que ia levando a melhor fora da área, mas Marcelo apareceu para salvar a pátria e limpar a barra do goleiro.

Embora tenha acampado no campo de ataque e segurado o Botafogo na defesa, o Colo-Colo não teve mais nenhuma chance muito clara. A última investida aconteceu aos 42, em cobrança de falta de Paredes. Gatito espalmou, e Marcelo cortou. Os jogadores da equipe chilena reclamaram de pênalti por toque de mão, mas o árbitro mandou seguir.



Ficha técnica:.

Botafogo: Gatito Fernández; Jonas, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luis; Airton (João Paulo), Bruno Silva, Camilo (Matheus Fernandes) e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger (Joel). Técnico: Jair Ventura.

Colo-Colo: Villar; Zaldivia (Fierro), Barroso e Baeza; Pavez e Valdés; Figueroa, Fernández (Morales) e Véjar (González); Rivero e Paredes. Técnico: Pablo Guede.

Árbitro: Juan Soto (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Luis Murillo e Elbis Gómez.

Cartões amarelos: Jonas e Matheus Fernandes (Botafogo); Fernández, Valdés e Barroso (Colo-Colo).

Gols: Airton e Pavez (contra) (Botafogo). Paredes (Colo-Colo).

Estádio Olímpico Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo