Esporte

Juve tenta derrubar sequência de vitórias da Inter para manter folga na ponta

03/02/2017 18h21

Roma, 3 fev (EFE).- O 'Derby D'Italia', uma das maiores rivalidades do Campeonato Italiano, terá mais uma edição no próximo domingo, em Turim, em um momento especial para as duas equipes, já que a Juventus é a líder isolada, enquanto a Inter de Milão detém a maior sequência de vitórias da competição, com sete.

Em busca do hexa nacional, a Juve soma 51 pontos, quatro a mais que a segunda colocada, a Roma, e ainda tem uma partida atrasada a disputar. Já a Inter se recuperou após mais um mau começo de temporada, pegou o elevador e subiu para o quarto lugar, com 42, atrás também do Napoli, que soma 45, entrando de vez na briga por uma das três vagas na próxima edição da Liga dos Campeões.

Recentemente, o time 'nerazzurro' se tornou uma pedra no sapato da 'Velha Senhora' e venceu os dois últimos clássicos. O primeiro triunfo, nas semifinais da última Copa da Itália, de pouco serviu, já que a equipe de Milão apenas devolveu o placar de 3 a 0 que havia sofrido na ida e foi eliminado nos pênaltis.

Nesta temporada, em setembro passado, a Inter impôs uma das únicas três derrotas da rival no Italiano. No duelo disputado em setembro, no San Siro, o placar foi de 2 a 1 de virada. Contudo, apesar do momento da adversária, na Juve, a confiança em um triunfo é grande.

"A Inter tem jogadores muito bons e pode vencer qualquer adversário, já demonstrou isso, mas acho que da briga pelo 'Scudetto' eles estão mais distantes. Eles estão em boa forma, e precisaremos ter cuidado, mas somos os primeiros da classe e trabalhamos todos os dias para manter essa posição na tabela", declarou o lateral-esquerdo Alex Sandro, segundo o jornal "Gazzetta Dello Sport".

O time anfitrião terá apenas um desfalque, o volante Lemina, machucado, enquanto na Inter o técnico Stefano Pioli tem todos os principais jogadores do elenco à disposição.

Vice-líder, a Roma fechará a rodada na terça-feira encarando a Fiorentina, que aparece na oitava posição. Os 'Giallorossi' precisarão superar baixas importantes, como as do zagueiro Juan Jesus, os meias Florenzi e Perotti e o atacante Salah, este último servindo o Egito na Copa Africana de Nações, para se recuperar da derrota para a Sampdoria e se manter próxima à Juventus.

No único jogo do sábado, o Napoli, que não perde há 11 partidas, mas vem de empate em casa com o lanterna Palermo, buscará a reabilitação diante do Bologna, no campo do adversário.



Programa da 23ª rodada do Campeonato Italiano:.



Sábado.

Bologna - Napoli.

Domingo.

Milan - Sampdoria.

Atalanta - Cagliari.

Chievo - Udinese.

Empoli - Torino.

Genoa - Sassuolo.

Pescara - Lazio.

Palermo - Crotone.

Juventus - Inter de Milão.

Terça-feira.

Roma - Fiorentina.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo