Esporte

McLaren anuncia saída de diretor-executivo após 5 meses no cargo

Da EFE, em Londres

07/02/2017 11h29

A McLaren anunciou nesta terça-feira a saída do diretor-executivo, o alemão Jost Capito, que permaneceu por apenas cinco meses no cargo.

Capito, de 58 anos, chegou à equipe de Woking contratado por Ron Dennis em janeiro do ano passado, mas começou a trabalhar em setembro, depois de ter deixado o posto de chefe da Volkswagen Motorsport.

"Jost Capito se juntou à McLaren após quatro anos de sucessos na Volkswagen Motorsport com o compromisso de recolocar a McLaren no caminho do sucesso. Queria construir uma equipe vencedora e fazer com que nosso carro fosse competitivo com o objetivo de ganhar o campeonato", disse um porta-voz da escuderia britânica.

"Infelizmente, não pudemos encontrar um terreno comum com Capito no que é e será necessário para fazer desta uma equipe vencedora de novo. Por isso, chegamos a um acordo para que ele deixe a McLaren Racing e considere outras oportunidades. Nós lhe desejamos o maior dos sucessos no futuro", acrescentou.

A saída de Capito era algo que se especulava nos corredores da escuderia de Woking desde o fim da 'Era Ron Dennis', em novembro, com a chegada de Zak Brown.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo