Esporte

Meia do La Coruña abrirá mão da cidadania brasileira pela espanhola

08/02/2017 16h36

La Coruña (Espanha), 8 fev (EFE).- O meia costa-riquenho Celso Borges admitiu nesta quarta-feira que renunciará a nacionalidade brasileira para obter a espanhola e, assim, deixar de ocupar umas das três vagas de extracomunitários do Deportivo La Coruña.

"Estamos, com os advogados do clube, trabalhando para isso", disse à rádio "Onda Cero" o jogador.

Celso Borges é filho de Alexandre Guimarães, que nasceu no Brasil, mas se naturalizou e chegou a defender a Costa Rica na Copa do Mundo de 1990, além de treinar a equipe nacional no Mundial de 2002.

No futebol espanhol, os jogadores podem ter, no máximo, duas nacionalidades, como explicou o próprio jogador, por isso, é preciso abrir mão de uma delas.

Nesta temporada, Celso Borges, que defende a seleção costa-riquenha e disputou a Copa de 2014, marcou cinco gols pelo 'Depor', que, por sua vez, ocupa a 15ª colocação do Campeonato Espanhol, com 19 pontos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo