Esporte

Campeão juvenil do Aberto da Austrália em 2016 é suspenso do tênis

09/02/2017 17h03

Londres, 9 fev (EFE).- A Unidade para a Integridade do Tênis (TIU, na sigla em inglês) suspendeu temporariamente nesta quinta-feira o australiano Oliver Anderson, campeão do Aberto da Austrália entre juvenis em 2016, por suposto envolvimento com apostas ilegais.

O jogador, de 18 anos, que é atualmente o número 1.083 do ranking mundial, foi afastado com efeitos imediatos, não só como atleta, mas até como espectador de partidas da modalidade, até que sejam concluídas as investigações sobre o caso.

A TIU, no entanto, não divulgou quais as acusações específicas que estão sendo feitas a Anderson, garantindo ainda que a suspensão não se trata de uma decisão sobre se o tenista é "culpado ou inocente".

Em 5 de janeiro deste ano, a polícia australiana acusou um jogador, de 18 anos, de ter manipulado resultados de um torneio do circuito Challenger, em Traralgon. A fraude teria acontecido em outubro de 2016, mas a identidade do investigado não foi revelada.

Anderson conquistou o título do Aberto da Austrália entre juvenis no ano passado, ao derrotar na decisão o uzbeque Jurabek Karimov. Em torneios válidos pelo circuito da ATP, o jovem fez apenas uma partida, contabilizando uma derrota.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo